Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Europeus de atletismo: Mamona falha defesa do título do triplo-salto; Susana Costa na final

Saltadora do Sporting foi apenas 16.ª na qualificação. De fora da final dos Europeus de Berlim ficou ainda Lecabela Quaresma

Expresso

ANDREJ ISAKOVIC/Getty

Partilhar

Há dois anos, nos Europeus de Amesterdão, o último salto de Patrícia Mamona na final do triplo-salto foi o salto perfeito: além de lhe ter dado o ouro europeu, um inédito ouro europeu, melhorou o recorde nacional que já era da saltadora do Sporting.

Era por isso com natural expectativa que se aguardava pelo que poderia fazer Mamona em Berlim, na defesa do seu título. Mas nada correu como em Amesterdão: a saltadora foi apenas 16.ª na qualificação, ficando de fora da final onde estará apenas uma das três portuguesas em prova, Susana Costa.

Apesar de ter tido um concurso em crescendo, Mamona, que também é vice-campeã da Europa de pista coberta, nunca chegou à marca de qualificação de 14,05 - saltou 12,64m, 13,81m e 13,92.

Susana Costa garantiu o acesso direto ao 2.º salto, com a marca de 14,17.

De fora das 12 melhores ficou também Lecabela Quaresma, que teve como melhor marca 13,87m.