Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

As duas Coreias juntas pelo olimpismo? Sim, é possível

A Coreia do Sul e a Coreia do Norte vão formalizar, junto do Comité Olímpico Internacional, a intenção de avançar com uma candidatura conjunta à organização dos Jogos Olímpicos de 2032, revelou hoje a imprensa sul-coreana.

Partilhar

Os vice-ministros do Desporto da Coreia do Sul, Roh Tae-kang, e da Coreia do Norte, Won Kil-u, assinaram hoje um acordo para por em prática o processo de candidatura, mas também para apresentar uma equipa conjunta ao Mundial de andebol masculino em 2019 (Alemanha e Dinamarca) e levar várias equipas aos Jogos Olímpicos de 2020.

O acordo é assinado semanas depois de Seul ter proposto a Pyongyang, em setembro passado, uma candidatura conjunta à organização dos Jogos Olímpicos de 2032.

As duas Coreias já tinham discutido a possibilidade de sediar conjuntamente os Jogos Olímpicos de Verão de 1988, mas as negociações fracassaram e Seul teve essa responsabilidade sozinha.

Apesar do processo de candidaturas não ter ainda começado, a cidade australiana de Brisbane, a região alemã da Renânia e a Índia já manifestaram interesse em acolher os Jogos Olímpicos de 2032.