Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Estes são os Maroon 5 no palco do Super Bowl: uma performance sensaborona e muito criticada

A banda de Adam Levine tocou alguns dos temas mais conhecidos, numa atuação envolta em controvérsia.

Partilhar

Os Maroon 5 atuaram no domingo à noite no intervalo da Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano.

Foram acompanhados por um coro de gospel, para além dos rappers Travis Scott e Big Boi, este último dos OutKast.

A cerimónia foi isenta de qualquer comentário político por parte dos Maroon 5, o que levantou críticas, já que outros artistas, como Rihanna, Jay-Z ou Cardi-B, se tinham recusado atuar, em solidariedade com um atleta da NFL.

Em 2016, antes de um jogo, Colin Kaepernick ajoelhou-se durante o hino norte-americano em protesto contra a violência policial nos Estados Unidos. A atitude foi reproduzida por outros atletas e acabou por ser reprovada pelo presidente Donald Trump, que apelou ao afastamento destes jogadores.

Desde então, Kaepernick não voltou a conseguir jogar.