Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Em Santiago do Chile, no chill para António Félix da Costa. Português em 2.º apesar de uma corrida "cheia de problemas"

Piloto da DS Techeetah garante primeiro pódio da época na Fórmula E, numa corrida que chegou a liderar na última volta, antes de um problema na bateria o obrigar a abrandar

Lídia Paralta Gomes

Aurelien Meunier/Getty

Partilhar

O português António Félix da Costa subiu pela primeira vez ao pódio esta temporada na Fórmula E, ao ser 2.º na corrida de Santiago do Chile. É também o primeiro pódio de Félix da Costa na sua nova equipa, a DS Techeetah, para onde se mudou esta época.

Félix da Costa partiu do 10.º lugar na grelha, ainda desceu para 13.º na partida, mas conseguiu paulatinamente recuperar até à liderança nas voltas finais.

Contudo, um problema na temperatura das baterias obrigou o português a tirar o pé do acelerador na última volta, acabando por ser ultrapassado pelo alemão Maximilian Guenther, piloto que o substituiu na BMW e que conseguiu no Chile a sua primeira vitória na categoria.

Este foi o 6.º pódio para Félix da Costa na Fórmula E, ele que no final lamentou os problemas que lhe tiraram a vitória: "Penso que fui mal informado pela equipa. Disseram-me que estava tudo bem com a temperatura da bateria, apesar de eu ter ficado com dúvidas. E depois na última volta avisaram-me que tinha mesmo de abrandar. Sinto que deixámos esta vitória fugir".

Félix da Costa é agora 7.º no campeonato, com 21 pontos.