Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Miguel Oliveira parte do 17.º lugar na primeira corrida de MotoGP pós-confinamento

No domingo, no circuito de Jerez de la Frontera, na região da Andaluzia, o piloto português vai arrancar da 17.ª posição da grelha no Grande Prémio de Espanha, o primeiro a realizar-se nestes tempos de pandemia

Lusa

Mirco Lazzari gp

Partilhar

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) qualificou-se hoje na 17.ª posição para o Grande Prémio de Espanha de Moto GP, que se disputa, no domingo, no circuito andaluz de Jerez de la Frontera.

O piloto de Almada, que ambicionava um lugar entre os 10 primeiros classificados, fez o seu melhor tempo em 1.37,964 minutos, a 1,259 segundos do mais rápido e autor da 'pole position', o francês Fabio Quartararo (Yamaha), que estabeleceu novo recorde no circuito espanhol, com o tempo de 1.36,705 minutos.

Os piores da sessão foram dois estreantes, os espanhóis Alex Márquez (Honda), em 21.ª, e Iker Lecuona (KTM), colega de Miguel Oliveira na Tech3, em 22.º.

Os espanhóis Maverick Viñalez (Yamaha) e Marc Márquez (Honda) ocupam os segundo e terceiro lugares da grelha, respetivamente.

A sessão ficou ainda marcada pela queda do espanhol Alex Rins (Suzuki) nas últimas voltas, piloto que acabou por ser transportado ao centro médico do circuito para observação.

O GP de Espanha de MotoGP é a primeira prova da temporada da categoria rainha do Mundial de Velocidade em motociclismo, depois de o GP do Qatar, previsto para 08 de março, ter sido cancelado devido à pandemia de covid-19, que obrigou à reformulação de todo o calendário.