Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

E vão seis medalhas para Portugal: Joana Vasconcelos é ouro na Taça do Mundo de canoagem

A canoísta portuguesa conquistou, este domingo, a medalha de ouro nos 500 metros de K1, depois de ter ficado com o bronze no dia anterior, na prova dos 200 metros. Foi a sexta medalha conquistada pela seleção portuguesa na Taça do Mundo de velocidade em Szeged, na Hungria

Lusa

Partilhar

A canoísta portuguesa Joana Vasconcelos conquistou, este domingo, a medalha de ouro na final de K1 500 metros da Taça do Mundo de velocidade de Szeged, na Hungria, depois do bronze de sábado nos 200 metros.

A atleta do Benfica venceu a prova em 1.54,03 minutos, superando sobre a meta a espanhola Isabel Contreras, segunda, e a belga Hermien Pieters, terceira.

No sábado, Joana Vasconcelos tinha sido terceira na final de K1 200 metros, pelo que somou hoje a sua segunda medalha na prova e a sexta da seleção lusa em Szeged.

Fernando Pimenta arrebatou o ouro em K1 1.000 metros e a prata em K1 500 metros, passando a somar 99 medalhas em competições internacionais, e, na paracanoagem, Norberto Mourão foi terceiro em VL2 500 metros e segundo em VL2 200 metros.

Ainda hoje, na sessão vespertina, Pimenta pode chegar às 100 medalhas internacionais, caso seja um dos três primeiros na final de K1 5.000 metros, distância em que foi campeão mundial em 2017 e 2018 e terceiro em 2019, precisamente em Szeged.

  • "Pimenta is back", porque Fernando Pimenta é ouro

    Modalidades

    O português foi o mais rápido nos 1000 metros em K1, em Szeged, na Hungria, onde bateu o atual campeão do mundo e ganhou o ouro. Foi a 98.ª medalha conquistada por Fernando Pimenta em provas internacionais (horas depois, seria a 99.ª, de bronze nos 500 metros) nesta que é a primeira, e a última, prova do ano, como disse no final, ainda ofegante