Tribuna Expresso

Perfil

Modalidades

Sergio Garcia testa positivo à covid-19 e fica fora do Masters

O golfista espanhol, que venceu o Masters em 2017, tem covid-19 e não poderá participar no torneio que começa quinta-feira em Augusta

tribuna expresso

Carmen Mandato

Partilhar

Sergio Garcia era um dos golfistas apontados à vitória no Masters de Augusta, que começa quinta-feira, mas o espanhol não poderá participar no torneio: testou positivo à covid-19 e terá de ficar isolado.

Foi o próprio golfista a endereçar o assunto, através das redes sociais, revelando que começou a ter "dores de garganta e tosse" no sábado, depois de participar no Open de Houston, no Texas, nos EUA.

Garcia acrescentou que a mulher também foi testada, mas o resultado foi negativo.

O espanhol fica assim fora do Masters - torneio que ganhou em 2017 -, "depois de 21 anos sem perder nenhum Major", como o próprio lamentou.

O chileno Joaquin Neimann, que também testou positivo à covid-19, é outro golfista que não irá participar no Masters, pelo que o torneio contará agora com 92 participantes.

A 84.ª edição do Masters, que decorre em Augusta, na Geórgia, não terá, ao contrário do que é habitual, presença de público ou de convidados, devido à pandemia. Recorde-se que a competição, normalmente disputada em abril (mudou de data devido à covid-19), é uma das quatro mais importantes do calendário internacional de golfe: as outras são o Open dos EUA, o Open britânico e o Campeonato PGA.

Bryson DeChambeau. O louco golfista a quem chamam cientista esperto

Tem a receita mais simples dos campos de golfe: bate-se a primeira bola o mais longe possível e depois logo se vê. O triunfo no recente Open dos EUA trouxe-o para a ribalta a figura de um golfista com mestrado em física e que coloca a ciência no cerne do jogo