Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Modalidades

Lesão acaba com a época de Ricardinho

Internacional português sofreu uma rotura num tendão da perda direita no último jogo da seleção, contra a Polónia, será submetido a uma intervenção cirúrgica e deverá ficar cerca de três meses em recuperação. O objetivo é regressar a tempo do Campeonato do Mundo, que arranca em setembro

Lusa

Johnny Fidelin/Getty

Partilhar

O internacional português de futsal Ricardinho, jogador do ACCS Paris, anunciou esta segunda-feira que a temporada “chegou ao fim”, devido a uma rotura num tendão, que vai obrigar a intervenção cirúrgica, marcada para terça-feira.

Aos 35 anos, o ala deu conta de “uma lesão” sofrida ao serviço da seleção portuguesa, frente à Polónia, que, após exames complementares e já de regresso ao clube, foi identificada como uma rotura do tendão longo na perna direita.

“Vou ser operado amanhã [terça-feira] pelo médico da seleção. Esperemos que corra tudo bem, vai ser uma operação rápida e, se tudo correr bem, estarei em casa de novo no próprio dia”, acrescentou Ricardinho.

Segundo o jogador, a esperança agora é “ver se corre tudo bem” para que possa voltar “em três meses”, afirmando estar focado “no último Mundial” que disputará, marcado para o período entre 12 de setembro e 03 de outubro, na Lituânia.

Ricardinho agradeceu ao clube por “apoiar a decisão”, numa fase em que luta pelo título francês de futsal, e à federação, por “ajudar em tudo” no momento que atravessa.