Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Modalidades

A homenagem do primeiro-ministro: "O judo cresceu e há sempre uma estrela que guia os outros todos, que neste caso é a Telma Monteiro"

Telma Monteiro foi condecorada com uma medalha de mérito desportivo, depois de conquistar o ouro nos Europeus

Lusa

NUNO VEIGA

Partilhar

O primeiro-ministro António Costa condecorou hoje Telma Monteiro, a “estrela que guia” o judo português, com uma medalha de mérito desportivo, após conquistar o sexto ‘ouro’ em Europeus, num total de 15 'metais' em outras tantas presenças.

“É um motivo de grande orgulho, um exemplo extraordinário e um momento alto do judo nacional. Já tivemos medalhas e há perspetivas de mais. Significa que o judo cresceu e há sempre uma estrela que guia os outros todos, que neste caso é a Telma Monteiro, um exemplo extraordinário em Portugal, na Europa e no mundo”, afirmou aos jornalistas.

Na cerimónia, que teve lugar na Altice Arena, em Lisboa, onde estão a decorrer, entre sexta-feira e domingo, os Europeus de judo, o governante agradeceu à judoca “pela forma como tem prestigiado Portugal e honrado os portugueses”, realçando que o maior mérito de Telma Monteiro “é o que está no coração de todos os portugueses”.

“Esta medalha de mérito desportivo tem a ver com a carreira, com toda a vida da Telma Monteiro e tudo o que tem dado a Portugal e aos portugueses. Tivemos a felicidade de ver associada a esta entrega da medalha de mérito desportivo mais uma medalha de ouro, a sexta, neste campeonato”, sublinhou.

António Costa lamentou a ausência de público no pavilhão, sobretudo na consagração de Telma Monteiro, que merecia “um aplauso ao vivo”, mas destacou que esse aplauso se fez ouvir “pelo país todo”.

"Se eu dei muito ao judo e a Portugal, o judo e Portugal também me deram muito"

A atleta, que representa o Benfica, prometeu, durante o discurso, que “enquanto estiver a lutar”, vai fazê-lo “para honrar ao máximo a bandeira e continuar a conquistar muitas medalhas para Portugal”, apontando ao “sonho adiado” de vencer nos Jogos Olímpicos, que “é para ser vivido como têm sido todas as conquistas até aqui”.

“Se eu dei muito ao judo e a Portugal, o judo e Portugal também me deram muito. Sinto-me muito honrada”, assegurou Telma Monteiro, que acrescentou: “Juntar o título europeu a uma homenagem destas torna tudo ainda mais especial e memorável”.

Telma Monteiro conquistou a medalha de ouro na categoria de -57 kg, depois de vencer na final a eslovena Kaja Kajzer, por 'ippon', tendo alcançando o seu sexto título europeu, que eleva para 15 as medalhas conquistadas, em igual número de presenças em Europeus, sendo a primeira judoca a alcançar o feito.

A homenagem, que se iniciou com um vídeo dos melhores momentos de Telma Monteiro, contou também com a presença do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, do presidente da União Europeia de Judo, Sergey Soloveychik, e do presidente da Federação Portuguesa de Judo, Jorge Fernandes.

Os Europeus de Lisboa tiveram início na sexta-feira, na Altice Arena, em Lisboa, prolongando-se até domingo, com 18 judocas portugueses em prova (nove masculinos e nove femininos), num total de 359 atletas, oriundos de 45 países.