Tribuna Expresso

Perfil

Motos

Corrida de MotoGP pode ser antecipada por questões de segurança

O português Miguel Oliveira considera que será "difícil" que essa decisão vá em frente.

Partilhar

Vários pilotos têm pedido a antecipação, por questões de segurança, da corrida de MotoGP de domingo, no circuito de Losail, no Qatar, prova inaugural do Mundial de velocidade.

Sendo a única corrida a disputar-se à noite do campeonato, as condições da pista são afetadas pela descida de temperatura do asfalto depois do por do sol. Por isso, vários pilotos têm-se manifestado a favor da antecipação em uma hora do horário previsto (20:25 horas locais, menos três horas em Portugal).

O português Miguel Oliveira considera que será "difícil" que essa decisão vá em frente, mas defende a antecipação em "pelo menos meia hora".

"Cada dia aqui no Qatar é diferente e isso torna complicado tomar uma decisão. Hoje, por exemplo, tivemos condições perfeitas a partir das 20:00 horas [17:00 horas em Lisboa]. Normalmente, quando o sol se põe a temperatura desce bastante e foi isso que causou várias quedas no último dia de testes. Na reunião da Comissão de Segurança abordámos o assunto, mas parece-me inviável que este fim de semana se antecipe tudo uma hora. Talvez 30 minutos [seja possível], mas vamos aguardar pela decisão", disse o piloto da KTM, em declarações divulgadas pela assessoria de imprensa da equipa Tech3.

O Grande Prémio do Qatar de MotoGP é a prova de abertura do Mundial de Velocidade. A corrida está prevista para domingo, às 17:00 horas.