Tribuna Expresso

Perfil

Motos

Piloto Paulo Gonçalves morreu no Dakar

Motociclista português de 40 anos disputava a prova pela 13ª vez e foi vítima de uma queda na sétima etapa

Tribuna Expresso

FRANCK FIFE

Partilhar

O piloto português Paulo Gonçalves, de 40 anos, faleceu hoje na sequência de uma queda na sétima etapa do Rally Dakar 2020, disputado na Arábia Saudita.

Gonçalves, experiente, disputava a prova pela 13ª vez e já tinha conseguido um segundo lugar na classificação geral (em 2015, atrás de Marc Coma). A primeira vez que disputou a prova foi em 2006 e já conseguira terminá-la por quatro vezes no top 10.

De acordo com as informações oficiais disponibilizadas pelo site do Rally Dakar, Paulo Gonçalves, que disputava a prova com o número 8, foi vítima de uma queda na manhã deste domingo ao quilómetro 276 da sétima etapa da prova.

Alertados para o sucedido pelas 10 da manhã locais (menos três horas em Lisboa), as equipas de apoio encontraram o piloto inconsciente, em paragem cardio-respiratória.

Após uma tentativa de reanimação logo no local, o motociclista foi transportado de helicóptero para o hospital de Layla, onde o óbito foi confirmado.

Mariana Bazo