Tribuna Expresso

Perfil

Motos

Já há novo calendário oficial para o MotoGP, com 13 provas e várias corridas duplas

Temporada arranca a 19 de julho e termina a 15 de novembro, mas pode estender-se para dezembro caso a evolução da pandemia permita fazer corridas fora da Europa

Lídia Paralta Gomes

ANTONIO GARCIA

Partilhar

Tal como a Fórmula 1, também o MotoGP foi obrigado a reinventar-se para 2020, uma temporada fortemente penalizada pela pandemia da covid-19. E tal como a Formula 1, os organizadores do Mundial de motociclismo, onde está o português Miguel Oliveira (Tech3), optaram por concentrar ao máximo as corridas na Europa, com vários circuitos a receber corridas duplas,

A temporada arrancará assim a 19 de julho no Circuito de Jerez, que na semana seguinte recebe nova prova. Também o Red Bull Ring, na Áustria, terá corrida dupla em fins de semana seguidos, tal como Misano, o Motorland de Aragão e o circuito de Valência.

No total, o MotoGP apresentou um calendário com 13 corridas, com final marcado para 15 de novembro, em Valência. Mas ficam em aberto mais quatro corridas, que poderão acontecer até 13 de dezembro, nos Estados Unidos, Argentina, Tailândia e Malásia. Tudo irá depender da evolução da covid-19.

Calendário MotoGP 2020:

Jerez (19 de julho)
Jerez (26 de julho)
Rep. Checa (9 de agosto)
Áustria (16 de agosto)
Áustria (23 de agosto)
São Marino (13 de setembro)
São Marino (20 de setembro)
Catalunha (27 de setembro)
França (11 de outubro)
Aragão (18 de outubro)
Aragão (25 de outubro)
Valência (8 de novembro)
Valência (15 de novembro)