Tribuna Expresso

Perfil

Motos

MotoGP: Miguel Oliveira cai, abandona e pontapeia cadeira numa corrida acidentada

O Grande Prémio da Áustria ficou marcado por um acidente espetacular com Morbidelli e Zarco, felizmente sem consequências para os pilotos. O evento foi ganho por Dovizioso, Oliveira caiu na retoma da prova após a interrupção para a limpeza da pista

Tribuna Expresso com Lusa

JOE KLAMAR

Partilhar

Miguel Oliveira caiu durante o Grande Prémio da Áustria e viu frustradas as suas esperanças em obter outro bom resultado no mundial MotoGP. O piloto português, que fora 6.º na corrida anterior (GP da República Checa), abandonou quando estava no 6.º posto de uma prova bastante acidentada: na 8.ª volta, um acidente espetacular que envolveu Franco Morbidelli e Johann Zarco, felizmente sem consequências graves para os motards, obrigou a uma interrupção para limpeza da pista.

Miguel Oliveira, que partiu para esta corrida do 11.º lugar, seguia na sexta posição quando Espargaró, então terceiro, alargou a trajetória numa das curvas do circuito de Spielberg, guinando novamente para o interior da pista, apanhando, nesse movimento, o português.

O piloto natural de Almada não escondeu a frustração por se ver novamente atirado ao chão por um piloto da mesma marca – é a terceira vez em menos de um ano –, pontapeando uma cadeira já nas boxes da equipa Tech3.

O GP da Áustria foi conquistado por Andrea Dovizioso; em segundo ficou Joan Mir e o pódio ficou completo com Jack Miller.