Tribuna Expresso

Perfil

Motos

Miguel Oliveira: "O nosso ritmo é bastante mais próximo do dos nossos rivais do que a diferença que tivemos na qualificação"

Piloto da KTM foi apenas 15.º na qualificação para o GP Qatar mas acredita que tem ritmo de corrida para estar mais próximo dos da frente

Lusa

Steve Wobser/Getty

Partilhar

O português Miguel Oliveira (KTM) acredita ter um ritmo de corrida "mais próximo do dos rivais" para o Grande Prémio do Qatar de MotoGP, prova de abertura da temporada, apesar de ter sido 15.º na qualificação deste sábado.

O piloto da KTM realizou a sua melhor volta em 1.53,915 minutos, o melhor tempo realizado este ano na pista de Losail pelo luso.

"Foi um dia de qualificação um bocadinho mais positivo para nós. Conseguimos melhorar o nosso tempo por volta, mas, ainda assim, longe das posições que contam. A quinta fila da grelha de partida não é das melhores posições para começar a corrida, mas estamos confiantes com o nosso ritmo", começou por dizer Miguel Oliveira, em declarações difundidas pela sua assessoria de imprensa.

O piloto de Almada admite que a equipa fez "um bom trabalho no terceiro treino livre e também no quarto".

"O nosso ritmo é bastante mais próximo do dos nossos rivais do que a diferença que tivemos na qualificação, por isso estamos otimistas para começar a corrida", sublinhou Miguel Oliveira.

O piloto luso advertiu que para a corrida de domingo estão previstas condições meteorológicas adversas, "com aumento do vento e descida das temperaturas", pelo que será preciso "ter muita cautela".

"Mas estamos confiantes que amanhã [domingo] poderemos fazer uma boa corrida e trazer um bom resultado", concluiu o piloto português da KTM.

Miguel Oliveira parte do 15.º lugar da grelha para a corrida que se disputa este domingo, a primeira das 21 previstas, incluindo o GP de Portugal, em 18 de abril, em Portimão.