Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Motos

Miguel Oliveira repete queda e termina GP Portugal em 16.º lugar

O piloto português já tinha caído na qualificação e voltou a cair, agora na corrida, terminando na 16.ª posição o GP de Portugal, que foi conquistado peloa francês Fabio Quartararo

tribuna expresso e lusa

Steve Wobser

Partilhar

O francês Fabio Quartararo (Yamaha) venceu hoje o Grande Prémio de Portugal de MotoGP, terceira corrida do campeonato do mundo de velocidade em motociclismo, em que o português Miguel Oliveira (KTM) foi 16.º após uma queda à sexta volta.

O piloto francês, que partiu da ‘pole position' e já tinha impressionado no sábado ao fazer a melhor marca da história da pista (superando Miguel Oliveira), gastou 41.24,292 minutos para cumprir as 25 voltas ao traçado português, deixando o italiano Francesco Bagnaia (Ducati) em segundo, a 4,610 segundos, e o espanhol Joan Mir (Suzuki) em terceiro, a 4,948 segundos.

Com estes resultados, Quartararo assumiu a liderança do campeonato, aproveitando o abandono do anterior líder, o francês Johan Zarco (Ducti), devido a queda.

Já Miguel Oliveira, que tinha iniciado a corrida em 10.º lugar, acabou por cair mais seis lugares, depois de uma queda que o obrigou a parar, tal como aconteceu no sábado, na qualificação.

O GP de Portugal de MotoGP é a terceira de 19 provas do campeonato do mundo de 2021.