Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Motos

Miguel Oliveira parte da segunda linha da grelha para o GP Países Baixos

Piloto da KTM foi 6.º na qualificação, terminando a 0,636 segundos do mais rápido, o espanhol Maverick Viñales (Yamaha). Marc Márquez fez a pior qualificação da carreira

Lusa

Steve Wobser/Getty

Partilhar

O português Miguel Oliveira (KTM) qualificou-se este sábado na sexta posição da grelha de partida para o Grande Prémio dos Países Baixos de MotoGP, nona prova da temporada.

O corredor da KTM vai partir da segunda linha da grelha depois de fazer a sua melhor volta em 1.32,450 minutos, terminando a 0,636 segundos do mais rápido, o espanhol Maverick Viñales (Yamaha).

Depois de ter sido o último classificado na ronda anterior, na Alemanha, o piloto da marca dos três diapasões estabeleceu um novo recorde ao circuito de Assen, nos Países Baixos, batendo o francês Fábio Quartararo (Yamaha), seu companheiro de equipa e líder do campeonato, por 0,071 segundos.

O italiano Francesco Bagnaia (Ducati) foi o terceiro, a 0,302s do mais rápido.

O espanhol Marc Marquéz (Honda) fez a pior qualificação da carreira, ao terminar na 20.ª posição, depois de sofrer mais uma queda ainda durante a primeira fase da sessão, a Q1.

Miguel Oliveira chega a esta nona prova da temporada na sétima posição do campeonato, com 74 pontos, a 57 do líder, o francês Fábio Quartararo (Yamaha).