Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Motos

MotoGP. Miguel Oliveira parte de 5.º para o GP Emilia Romagna

A pole foi para o italiano Francesco Bagnaia (Ducati) que pela quarta vez consecutiva vai partir na frente. Fábio Quartararo, que este fim de semana tem a primeira oportunidade para se sagrar campeão mundial, vai partir apenas do 15.º posto, na sua pior qualificação da época

Lusa

Steve Wobser

Partilhar

O português Miguel Oliveira (KTM) foi este sábado quinto classificado na qualificação para o Grande Prémio da Emilia Romangna em MotoGP, 16.ª prova do Campeonato do Mundo de velocidade em motociclismo de 2021.

Oliveira, que tinha sido quarto colocado na terceira sessão de treinos livres, disputada durante a manhã, fez a sua melhor volta da qualificação em 1.33,439 minutos, a 0,394 segundos do mais rápido, o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), que garantiu a quinta ‘pole position’ da temporada, quarta consecutiva.

Desde 2007, com o australiano Casey Stoner, que um piloto da Ducati não conseguia quatro ‘poles’ consecutivas.

Este resultado foi amplamente festejado pelos homens da Ducati, até porque o francês Fábio Quartararo (Yamaha), fez o pior resultado do ano, ao ser 15.º classificado (o pior até agora era um quinto lugar), na prova em que pode conquistar antecipadamente o título mundial.

Em caso de vitória de ‘Pecco’ Bagnaia, entre outras possibilidades, a decisão fica adiada para o Grande Prémio do Algarve, em 7 de novembro.

Quanto ao Miguel Oliveira, mostrou-se satisfeito com o desempenho na sessão de qualificação para a corrida de domingo.

“Foi uma boa qualificação, estou contente por ter feito boas voltas e ter colocado a mota em quinto lugar. Amanhã [domingo], as condições da corrida serão diferentes, espero que para melhor, e que nos consigamos adaptar rapidamente”, disse Miguel Oliveira.

O Grande Prémio da Emilia Romagna é a 16.ª e antepenúltima prova da temporada de 2021 do Mundial de MotoGP.