Tribuna Expresso

Perfil

Mundial 2018

“Ehhhh N’Golo Kanté, palalalala…”: a música cantada pelos franceses que não sai da cabeça

A seleção francesa foi esta segunda-feira ao Eliseu, a residência do Presidente de França, para celebrar a conquista do seu segundo título mundial. Um dos momentos altos foi a música cantada por colegas e Didier Deschamps para N'Golo Kanté

Expresso

LUDOVIC MARIN

Partilhar

Corre o boato que N’Golo Kanté é mais do que um grande futebolista. Dizem as más línguas que o médio, que há meia dúzia de anos jogava na segunda divisão francesa, é também um senhor batoteiro a jogar às cartas. Pois bem, o agora campeão do mundo tem direito a uma música cantada alegremente pelos colegas.

“Ehhhh N'Golo Kanté, palalalala / ohhhh N'Golo Kanté, palalalala / Il est petit, il est gentil, il a stoppé Leo Messi, mais on sait tous [que] c'est un tricheur, N'Golo Kanté!”

Ou seja, é baixinho e uma simpatia, parou Lionel Messi, mas toda a gente sabe que é um batoteiro de primeira. A música ganhou outra dimensão depois da vitória na final do Mundial contra a Croácia (4-2), em Moscovo, quando os jogadores já seguiam no autocarro, a caminho do hotel.

Esta segunda-feira, no Palácio do Eliseu, a residência oficial do Presidente francês, Paul Pogba assumiu o microfone e meteu toda a gente a cantar este hit na festa dos campeões do mundo. Até Didier Deschamps alinhou, agarrando-se depois carinhosamente a um dos jogadores mais importantes da seleção gaulesa. A versão original de Joe Dassin canta "Champs-Élysées": ver aqui.

“Ehhhh N'Golo Kanté, palalalala..."