Tribuna Expresso

Perfil

Rússia

Russos usaram amoníaco para melhorar desempenho contra a Croácia

Dois jornais alemães escrevem que os futebolistas da Rússia snifaram a substância também contra a Espanha

Tribuna Expresso

Sergei Fadeichev

Partilhar

Dois jornais alemães, o “Suddeutsche Zeitung” e o “Bild”, escrevem que os jogadores russos terão snifado amoníaco durante o Mundial, nomeadamente nos jogos com a Espanha (oitavos de final) e Croácia (quartos de final) - ambos os encontros foram resolvidos na marcação de grandes penalidades após os empates registados no tempo regulamentar e no prolongamento.

Segundo o “Suddeutsche Zeitung”, um elemento da federação russa admitiu o uso desta substância que terá sido snifada de um pedaço de algodão e o “Bild“ garante que antes do início da segunda parte contra a Croácia, alguns futebolistas russos terão feito o mesmo.

O amoníaco não é considerado uma substância dopante, apesar dos benefícios que traz, de acordo com o “Suddeutsche”: o atleta respira melhor e o fluxo de oxigénio no sangue é maior. O amoníaco é utilizado, sobretudo, em desportos de explosão, sendo comum no halterofilismo.