Tribuna Expresso

Perfil

NBA

Michael Jordan vai doar 88 milhões de euros nos próximos 10 anos à luta contra o racismo

Valor será repartido por organizações que se dediquem à igualdade social e luta contra a discriminação racial. Também a Nike disponibilizou 35 milhões de euros para a luta pela igualdade racial

Tribuna Expresso

Streeter Lecka/Getty

Partilhar

Michael Jordan, em união com a sua marca vestuário e calçado desportivo, a Jordan Brand, vai doar 100 milhões de dólares (cerca de 88 milhões de euros) a organizações que se dediquem à igualdade social e luta contra a discriminação racial. O valor será repartido nos próximos 10 anos.

"As vidas negras importam. Isto não é uma afirmação controversa. Até o racismo entranhado que faz com que as nossas instituições falhem estar completamente erradicado, vamos continuar comprometidos em proteger e melhorar a vida da comunidade negra", pode ler-se num comunicado da Jordan Brand.

O objetivo passa por fazer chegar o valor a organizações dedicadas à "igualdade racial, à justiça social e à melhoria do acesso à educação".

Também a Nike, a empresa-mãe da Jordan Brand, anunciou a disponibilização de 40 milhões de dólares (35 milhões de euros) nos próximos quatro anos para projectos de apoio à comunidade afro-americana.