Tribuna Expresso

Perfil

NBA

NBA. Um abalroamento deixou paraplégico um dos jogadores mais altos da história

Shawn Bradley, antigo poste de 48 anos, foi abalroado por um veículo quando fazia um passeio de bicicleta perto de casa, no Utah. Com 2,29m, passou grande parte da carreira nos Dallas Mavericks e foi um dos participantes no filme "Space Jam"

Tribuna Expresso

Ronald Martinez/Getty

Partilhar

A má notícia chegou através de um comunicado dos Dallas Mavericks, equipa em que Shawn Bradley passou grande parte da sua carreira: em janeiro, o antigo poste foi abalroado por um veículo durante um passeio de bicicleta, perto da sua casa, em St. George, no Utah, e em consequência ficou paralisado.

Bradley, que com 2,29m faz parte do grupo de jogadores mais altos da história da NBA (mais alto que ele só o romeno Gheorghe Muresan, com 2,31m), sofreu uma grave lesão na espinal medula e passou as últimas oito semanas no hospital após uma operação.

“O seu forte sentido de fé está a ser testado neste momento em que tem de aprender a lidar com os desafios de estar paraplégico. Os médicos alertaram-no que o seu caminho para a recuperação será longo e árduo, um desafio físico talvez ainda maior do que jogar basquetebol profissional”, diz ainda o comunicado dos Mavericks, onde Bradley, de 48 anos, jogou de 1997 a 2005. Antes disso, jogou nos Philadelphia 76ers (1993-1995), equipa que o escolheu no 2.º posto do draft de 1993, e nos New Jersey Nets (1995-1997).

Os Mavs dizem ainda que Bradley, um dos poucos jogadores a fazer mais de 2 mil block shots na NBA, está “bem-disposto” e que espera usar o infortúnio para “alertar o público para a importância da segurança dos ciclistas”.

Para lá das suas qualidades defensivas, Bradley ficou conhecido por dedicar-se a causas solidárias, nomeadamente com crianças vítimas do vírus da SIDA e com várias viagens a África, e também por ser uma das estrelas de “Space Jam”, o filme de 1996 protagonizado por Michael Jordan.