Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
NBA

Jrue Holiday deixa os Bucks a uma vitória do título da NBA

Com a vitória no jogo cinco os Bucks ficam pela primeira vez em vantagem na final da NBA e estão a apenas um jogo de chegar ao título que lhes tem fugido nos últimos 50 anos

Rita Meireles

Christian Petersen

Partilhar

Desde que a final da NBA começou que se tem vindo a pedir o mesmo da equipa dos Milwaukee Bucks: que não dependam só de Giannis, que também outros jogadores assumam a liderança. E a equipa ouviu. Se no jogo quatro Khris Middleton levou a sério esse papel, no jogo cinco foi Jrue Holiday a mostrar que podem contar com ele.

Os Bucks venciam por apenas um ponto (119-120) quando Devin Booker, dos Phoenix Suns, tentou virar o jogo, mas Holiday conseguiu roubar-lhe a bola e impedir a reviravolta. Pouco tempo depois, quase no final do jogo, é sua a assistência que levou Giannis Antetokounmpo a colocar o resultado nos 119-122. O último ponto da partida surge através de lance livre, após Middleton sofrer uma falta.

Holiday terminou o jogo com 27 pontos e uma exibição digna de uma final. Até porque não estava fácil parar Booker, que chegou de novo à marca dos 40 pontos e esteve perto de atropelar a equipa dos Bucks. Não fosse Holiday.

Como nem tudo pode ser diferente, ainda assim Giannis foi de novo o melhor marcador da equipa de Milwaukee. Somou 32 pontos e seis assistências. Khris Middleton também voltou a dar nas vistas com 29 pontos e cinco assistências.

Já os Suns têm agora a vida bastante complicada, uma vez que estão obrigados a ganhar os próximos dois jogos para conseguirem vencer pela primeira vez a final da NBA. É a primeira final de Chris Paul, que voltou ao registo mais apagado. 'CP3', como é conhecido, chegou ao final do jogo com 21 pontos e 11 assistências, um desempenho que não satisfaz, principalmente quando comparado com a prestação do jogador nos dois primeiros jogos.

Ainda para os Suns, Deandre Ayton marcou 20 pontos, Mikal Bridges chegou aos 13 pontos e Jae Crowder ficou-se pelos 10. Mas, com a equipa mais apagada, a estratégia passou por contar com o jogo individual de Booker, que foi bom, mas não suficiente.

Este foi o primeiro jogo da final em que a equipa da casa terminou com uma derrota. O próximo jogo está marcado para a próxima quarta-feira, às 2h em Portugal (SportTV 4). Caso os Bucks ganhem será o último desta final, caso contrário os Suns empatam e levam a decisão para o jogo sete.