Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
NBA

A um ano de terminar o contrato com os Warriors, Stephen Curry renova por uns históricos 215 milhões de dólares

Os Golden State Warriors não tiveram uma prestação brilhante ao longo da época 2020/21, mas nem por isso Stephen Curry passou despercebido. Sendo assim, o clube nem deixou o atual contrato do jogador terminar e avançou logo para a renovação

Rita Meireles

Thearon W. Henderson

Partilhar

Desde que, em 2009, foi o sétimo a ser escolhido no draft da NBA e passou a vestir a camisola 30 dos Golden State Warriors, Stephen Curry já venceu títulos, bateu recordes e fez história. Diversas vezes.

O momento mais recente foi na passada terça-feira, quando foi anunciada, pela ESPN, a extensão do contrato que liga o jogador à equipa de São Francisco, Califórnia, por mais quatro anos. Um acordo que o torna o primeiro jogador da história a assinar dois contratos no valor de mais de 200 milhões de dólares.

O contrato do duas vezes MVP e três vezes campeão pelos Warriors iria chegar ao fim no final da próxima época. Sendo assim, Curry permanecerá na mesma equipa até 2026. O negócio ronda os 215 milhões de dólares, cerca de 181 milhões de euros.

A época que terminou no passado mês de julho, com a vitória dos Milwaukee Bucks, não foi fácil para os Warriors, que não conseguiram chegar aos play-offs. Ainda assim, foi mais uma época que será mencionada nos livros de história quando o tema for Stephen Curry.

No final da fase regular, Curry, que foi o primeiro MVP de forma unânime, estava de novo na luta pelo título de mais valioso da liga. O título acabou por ser entregue a Nikola Jokic, dos Denver Nuggets, mas um lugar na All-NBA First Team (melhores cinco jogadores da temporada) ninguém lhe tirou.

Um dos principais momentos da época foi quando o jogador estabeleceu um novo recorde de pontos em apenas um jogo, no Chase Center. Foram 62 pontos que garantiram a vitória por 137-122 frente aos Portland Trail Blazers. Feitas as contas finais, Curry foi o jogador que conseguiu marcar mais pontos num jogo ao longo de toda a temporada.

Poucos dias depois, ultrapassou o segundo classificado Reggie Miller (2.560) na lista de jogadores que mais lançamentos de três pontos converteram ao longo da carreira. Durante a época foram um total de 2.832 triplos, apenas menos 141 que o recorde de Ray Allen (2.973).

Também não falhou no que toca às assistências. A assistência número 4856 foi a Kelly Oubre Jr., no jogo que os Warriors perderam contra os Los Angeles Lakers (97-128). Curry passou Guy Rodgers (4.855) e tornou-se o líder das assistências no clube de São Francisco, quebrando um recorde de 55 anos.

Se os feitos individuais no clube não forem suficientes, Curry esteve também em evidência no All-Star Weekend de 2021, ao vencer o concurso de lançamentos da marca de três pontos pela segunda vez na sua carreira.

E assim se explica mais um contrato milionário.