Tribuna Expresso

Perfil

O psitacismo futebolístico

Partilhar

O Sporting voltou a vencer a Taça da Liga

O Sporting voltou a vencer a Taça da Liga

JOSE COELHO/GETTY

O dicionário Priberam explica a questão assim:

psi·ta·cis·mo
(latim psittacus, -i, do grego psittakós, -oû, papagaio + -ismo)
substantivo masculino
1. Discurso que alinhava frases ocas. = VERBORREIA
2. Estudo em que se aprende de cor. = DECORANÇO
3. [Psicopatologia] Repetição de palavras de que se desconhece o significado.
"psitacismo", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/psitacismo [consultado em 28-01-2019].

O psitacismo não me saía da cabeça quando, sábado à noite, via os jogadores do Sporting levantarem - outra vez - a Taça da Liga, em cima de uma bancada meio vazia. Os adeptos do FC Porto já tinham, obviamente, deixado a outra bancada do Municipal de Braga vazia (e os jogadores portistas, lamentavelmente, também já tinha abandonado o relvado, desrespeitando as leis não-escritas do respeito pela rivalidade saudável), mas o mais triste foi perceber que a bancada em que decorreu a entrega do troféu não permitia que todos os adeptos - no caso, do Sporting - pudessem assistir à cerimónia, como se pode ver aqui. Ainda para mais, quando havia um palanque no centro do relvado.

No fundo, é a imagem daquilo que é a (Taça da) Liga: muito psitacismo, com fan zones e afins, e pouco respeito pelos adeptos, especialmente aqueles que ainda são malucos o suficiente para ir aos estádios, percorrendo muitos quilómetros a horas pouco recomendáveis (mesmo assim, este ano a final four já passou para as 19h45 - no ano passado foi às 20h45). Foi Abel Ferreira quem o disse: "Se o estádio não estiver cheio, a culpa é da Liga. Fico triste quando só se olha para o lado económico." Os bilhetes estavam à venda por 10, 15 e 25 euros, o que não convenceu particularmente os adeptos: houve 25 mil na final Sporting-FC Porto, 23 mil no Benfica-FC Porto, 10 mil no Braga-Sporting. No ano passado, a final entre Sporting e V. Setúbal teve 24 mil adeptos, a meia-final entre V. Setúbal e Oliveirense 1600 e o Sporting-FC Porto 27 mil.

Hoje, dia útil, às 17h, começa a 19ª jornada da Liga NOS, com um Marítimo-Rio Ave. Numa semana em que tanto se falou de VAR (que é - ou deve ser - agora visto como indispensável ao futebol), podemos e devemos falar - como bem disse Pedro Proença - na necessidade de centralizar os direitos televisivos como forma de aumentar a competitividade da nossa Liga, sim, mas também há que falar a sério de como encher os estádios por este país fora, com horários assim - e, habitualmente, com uma calendarização de jogos bem fora de prazo, desrespeitando o próprio regulamento da Liga. A Taça da Liga está melhor, sim, mas ainda continua a sofrer do psitacismo de que padece a sua organizadora.

O que se passou

Além da final da Taça da Liga, houve final do Open da Austrália, com a vitória de Novak Djokovic sobre Rafael Nadal, e houve um boato rapidamente desmentido que deixava Jorge Jesus sem emprego. William Carvalho falou à SIC do "amigo doutor Frederico", Tiago Ilori já está em Lisboa e o Sporting venceu o Benfica, em hóquei em patins.

O triunfo da sportinguidade (por Bruno Vieira Amaral)

Após o triunfo na Taça da Liga, Bruno Vieira Amaral fala-nos de um clube ao qual os deuses, nos seus concílios caprichosos, recusam as vitórias fáceis e sem tormentos. Mais do que um mero fornecedor de alegrias e tristezas aos adeptos, o Sporting é uma instituição pensada para quase os matar do coração

Muitos duelos físicos, muita pressão, muito futebol direto, enfim, outro Porto-Sporting muito fraco

O analista Tiago Teixeira revela que caminho levou a final da Taça da Liga disputada no sábado e que resultou na vitória do SCP, após um jogo em que a preocupação em desconstruir foi sempre maior do que a vontade de construir

Olá... Soy yo outra bez! Solo para informari que Éder Militão no siabe batier pienaltis, vergonhosio (por Lá Em Casa Mando Eu)

Então, digam lá, tinham saudades da análise à castelhana de Lá Em Casa Mando Eu, não é verdade? Eis o que não lerá em lado algum sobre os jogadores portistas que perderam a Taça da Liga para o Sporting

O distribuidor de fruta chamado Gudelj, o carrinho no supermercado de Acuña e o hacker que há em Raphinha (por Diogo Faro)

A análise de Diogo Faro está cheia de adjetivos, imagens e remates portentosos que são muito giros, sim, mas só quando entram na baliza. Não é, Nani?

Elisabete Jacinto: “Quando cheguei do meu primeiro Dakar a minha mãe disse-me: 'Ai filha, envelheceste tanto'. Não tinha levado cremes”

O trio formado por Elisabete Jacinto, José Marques (navegador) e Marco Cochinho (mecânico) levou o camião MAN TGS ao triunfo na 11.ª edição da Africa Eco Race, uma prova com um figurino em tudo semelhante ao antigo Dakar e que contou com mais de 100 participantes. A piloto portuguesa não esconde o orgulho e diz ter provado a todos que é bom piloto e já não tem dúvidas: "Era uma miúda insegura, muito incapaz, com muitos medos, muito frágil, daquelas que ficam num cantinho a ver se ninguém dá por elas. Quando comecei a andar de mota comecei a perceber que os medos afinal estavam só na minha cabeça e que conseguia ultrapassá-los com muita facilidade"

“Fui apanhado na noite, um copo aqui, acolá, fiz muitos erros, aprendi. E sou um romântico: tenho todos os livros do Nicholas Sparks”

Aos 37 anos Jorge Ribeiro garante sentir-se com força para jogar até aos 40, a sua meta. Depois disso, ainda não pensou bem no que vai fazer, desde que seja ligado ao futebol, embora ser treinador esteja fora de questão. Com um percurso que começou no Benfica, passou por clubes como o Santa Clara, Varzim, Desportivo das Aves, Dínamo de Moscovo, Málaga, Granada, Boavista, Atlético e agora Farense, entre outros, confessa que fugiu sempre do irmão, Maniche, isto é, de jogar em clubes onde este também estava, tendo inclusivamente recusado convites por causa disso. Casado e com três filhos, diz que começou benfiquista mas acabou por desenvolver simpatia pelo Sporting, um clube feliz, como ele diz

Zona mista

"O Sporting não precisava dos jogadores do FC Porto para levantar o troféu".

- Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, a justificar a saída apressada de campo da sua equipa após receber as medalhas de finalista vencido da Taça da Liga. Ninguém gosta de perder, é certo, e também é certo que há uns que ficam com mais azia do que outros, mas a atitude e a justificação subsequentes não são dignas do mesmo homem que, no dia anterior, tinha dito - e bem - o seguinte: “Basta acender a televisão em horário nobre e em quase todos os canais há insultos, polémica, há tudo o que é falar do futebol e não de futebol. Há muita coisa boa para falar. Houve duas meias-finais em que houve coisas boas. Não se fala do que é importante. Cada vez mais isto está a ficar quase insuportável, está a passar-se o limite do respeito pelas pessoas, vocabulário, afirmações, insultos”.

O que aí vem

Segunda-feira, 28

Às 15h, Portimonense e Cova da Piedade disputam a 24ª jornada da Liga Revelação (transmissão online) e, às 17h, Marítimo e Rio Ave abrem a 19ª jornada da Liga NOS, numa segunda-feira que terá quatro jogos, além do já citado: Tondela-Aves e Moreirense-Nacional, ambos às 19h (SportTV), e Feirense-Vitória de Guimarães, às 21h15 (SportTV), magnífica hora para ir ao futebol, claro. Horário igualmente simpático para ir ao futebol a uma segunda-feira é o do jogo V.Guimarães B-Mafra, às 15h, na abertura da 19ª jornada da Liga Ledman, ou melhor dizendo, da 2ª Liga, porque já ninguém sabe bem como se deve chamar esta Liga, que hoje tem também Paços-Académica (17h), Penafiel-Famalicão (19h) e Oliveirense-Académico Viseu (20h30) - e todos eles sem transmissão televisiva. À hora da Cinderela, há Indiana Pacers-Golden State Warriors (SportTV1) e, meia-hora depois, Boston Celtics-Brooklyn Nets (SportTV5).

Terça-feira, 29

Prossegue a Liga Revelação, com mais transmissões online: às 15h, Estoril-Académica e às 15h30 Marítimo-Sporting. Prossegue também a Liga NOS, com Portimonense-Chaves (SportTV2) e Benfica-Boavista (BTV) a serem ambos disputados às 19h, enquanto Sporting de Braga e Santa Clara jogam às 21h15 (já mencionei que este horário é ótimo para a prática do futebol e/ou para a prática do convívio familiar em casa? Um dos dois). Às 19h45, há AC Milan-Nápoles para a Taça italiana (SportTV4); às 20h, Newcastle-Manchester City para a Premier League; e, às 20h30, Valência-Getafe para a Taça do Rei.

Quarta-feira, 30

Na 2ª Liga, o Benfica B de Renato Paiva recebe o Arouca, às 16h (BTV). Na Liga NOS, o Vitória de Setúbal - já sem Lito Vidigal - recebe o Sporting, às 19h (SportTV2), e o FC Porto recebe o Belenenses, às 21h15 (SportTV1). Na Taça italiana, a Juventus vai a Atalanta (19h45, SportTV4) e na Taça do Rei espanhola o Barcelona, que perdeu 0-2 na 1ª mão, recebe o Sevilha (20h30, SportTV5). Na Premier League, o Liverpool recebe o Leicester (20h, SportTV3). À meia-noite, há campeonato argentino: Godoy Cruz-River Plate, na SportTV1. Às 21h55, há futsal na RTP1: Portugal-Brasil, jogo particular. Na NBA, há Spurs-Suns (1h30, SportTV5) e Lakers-76ers (3h30, SportTv1). Na Eurotaça de basquetebol, há duelo russo: Zenit-Unics Kazan (SportTV5).

Quinta-feira, 31

Na Taça do Rei, o Girona recebe o Real Madrid (2-4 na 1ª mão), às 20h30 (SportTV1), e no campeonato argentino o San Martin San Juan recebe o Boca Juniores, às 0h (SportTV1).

Sexta-feira, 1

O Rio Ave recebe o Tondela, na abertura da 20ª jornada da Liga NOS (20h30, SportTV1). Às 19h, as seleções de futsal de Portugal e Brasil voltam a defrontar-se em jogo particular (CMTV).

Sábado, 2

Há muitos e bons jogos, das mais variadas Ligas (o melhor é mesmo ver tudo aqui). Destaque para o Tottenham-Newcastle (12h30, SportTV2), para o "português" Everton-Wolverhamptons (15h, SportTV2), para o Juventus-Parma (19h30, SportTV3), para o Aves-Braga (20h30, SportTV1). Em hóquei em patins, o FC Porto recebe a Juventude de Viana (15h, Porto Canal) e, em andebol, os portistas recebem o ABC (18h, Porto Canal). Em basquetebol, há Oliveirense-FC Porto, na RTP2, às 16h.

Domingo, 3

Às 11h15 há Leixões-Estoril (SportTV1), às 14h05 há Leicester-Manchester United (SportTV2), às 16h30 há Manchester City-Arsenal e às 17h30 há o dérbi do dia: Sporting-Benfica (SportTV1). Às 19h30 há Roma-AC Milan (SportTV3) e às 20h há V. Guimarães-FC Porto (SportTV2).

Hoje deu-nos para isto

Jorge Gabriel à porta da antiga sede da SIC

Jorge Gabriel à porta da antiga sede da SIC

Como o estimado leitor provavelmente saberá, caso seja telespectador habitual da SIC/SIC Notícias, a SIC abandonou ontem a sua antiga sede, instalando-se agora em Paço de Arcos, no mesmo edifício do Expresso - de onde lhe escrevo esta newsletter, entre os pingos de uma novel chinfrineira (e daí o lamentável atraso, para o qual apresento já as minhas desculpas). Ora, nada melhor do que assinalar este dia de mudança para a SIC com um vídeo daqueles "tesourinhos deprimentes", ou seja, do antigo "Donos da Bola", programa desportivo que animou muitas noites do canal nos anos 90. Bem-vindos a Paço de Arcos, camaradas.

"Os donos da bola" em 1994

Já lá vão mais de 20 anos: recorde os tempos do programa desportivo da SIC "Donos da Bola"