Tribuna Expresso

Perfil

Ele andará sempre por aí

Partilhar

NurPhoto

Esta segunda-feira não é uma segunda-feira qualquer, pois jogam Sporting (19h) e Benfica (21h) que procuram colar-se a Braga (perdeu com o Belenenses) e FC Porto (venceu o Tondela) que jogaram na passada sexta-feira que também não foi uma sexta-feira qualquer – foi o dia em que Bruno de Carvalho assegurou a todos, céticos e crédulos, que andará sempre por perto.

Recuperando, o presidente Frederico Varandas deu uma conferência sobre o ex-presidente Bruno de Carvalho, criticando a sua gestão desportiva, levantando suspeitas de nepotismo por causa de faturas de €1,7 milhões passadas à sociedade MGRA onde trabalhava o sogro, depois ex-sogro de BdC, acusando-o de aldrabices num direito de preferência de sete jogadores cabo-verdianos por €330 mil sem que houvesse registos nos livros.

Logo a seguir, e tal como tinha pré-avisado, Bruno respondeu à comunicação “lamechas” e “autofágica” de Varandas, refutando responsabilidades. Fê-lo em plena tournée de apresentação do seu livro que já o tinha levado a três canais de televisão, um videocast e alguns jornais sob o lema do “homem atrás do presidente”, o mantra que repete a si mesmo e aos outros sempre que quer dar uma entrevista.

[Se quiser ler a recensão crítica de “Sem Filtro”, vá por aqui]

Obviamente, sendo Bruno de Carvalho, Bruno de Carvalho, a coisa não ia ficar por aqui. No sábado, falou com o Jornal de Notícias e com o Record, e escreveu um longuíssimo post de 21 pontos no Facebook, do qual prometera um afastamento higiénico, com as perguntas que deviam ter sido feitas a Varandas.

Disse, pelo meio, que gostava tanto do ex-sogro como do atual presidente do SCP, e garantiu que Jovane Cabral estava no clube por causa do tal protocolo com o Batuque FC. O que, a julgar pelas palavras do empresário do futebolista, é falso. “Quero acreditar que falou do Jovane por lapso”. Jovane chegou a Alvalade em 2014, muito antes da parceria.

As informações estão no Record e n'O Jogo desta segunda-feira, juntamente com outra notícia: a antiga SAD vai queixar-se de Varandas à CMVM por ter divulgado “informações confidenciais” e “informações falsas sobre ganhos individuais”. A carta é co-assinada por Carlos Vieira, que de amigo passou a ex-amigo e depois a traidor de Bruno de Carvalho, uma degradação padronizada nas relações do antigo presidente.

Concluindo: o Sporting, que nos últimos dez anos teve cinco presidentes (Soares Franco, Bettencourt, Godinho Lopes, Bruno de Carvalho e Frederico Varandas) e 18 treinadores (Paulo Bento, Leonel Pontes, Carlos Carvalhal, Paulo Sérgio, Alberto Cabral, José Couceiro, Domingos, Sá Pinto, Oceano, Vercauteren, Jesualdo, Leonardo Jardim, Marco Silva, Jorge Jesus, Mihajlovic, José Peseiro, Tiago Fernandes e Marcel Keizer), é, realmente, aquilo que Varandas e Bruno dizem que é: um clube “ingovernável” e “autofágico”.

O que se passou

A final da Taça da Liga inglesa, uma rábula entre treinador e guarda-redes, a vitória normal da Juventus e um momento histórico para o ténis português. Vamos lá recapitular:

Sarri quis tirar Kepa, mas o guarda-redes recusou-se a sair. As imagens da rábula que marcou a final da Taça da Liga inglesa

Guardião espanhol do Chelsea queixou-se de dores musculares no final do prolongamento e o técnico queria substituí-lo por Caballero. Mas Kepa recusou-se a sair de campo, para ira do treinador italiano

Maurizio Sarri e o caso Kepa: "Foi tudo um grande mal-entendido"

Técnico italiano do Chelsea explica que o guarda-redes tem razão, mas sublinha que não gostou da forma como o espanhol se expressou

Manchester City bate Chelsea nas grandes penalidades e vence Taça da Liga. Bernardo Silva foi o melhor em campo

Depois de um nulo no final dos 120 minutos, a equipa de Pep Guardiola foi mais forte na marca dos 11 metros. Repete o triunfo da época passada, num jogo marcado pela recusa do guarda-redes Kepa em sair de campo

Zero golos, quatro substituições por lesão e a Premier League presa por um ponto: assim se conta a história do Man. United - Liverpool

Encontro acidentado em Old Trafford, com Manchester United e Liverpool a não irem além de um nulo. A equipa da casa foi obrigada a fazer três substituições por lesão ainda na 1.ª parte, o Liverpool uma, o que condicionou o jogo grande da 27.ª jornada da Premier League

André Santos: “O Rui Vitória tinha uma expressão que ainda hoje imito: 'Ó miúdos, vocês são 'jigadores', para jogadores ainda falta muito”

Faz 30 anos no próximo sábado e já passou por 10 clubes, quatro deles além fronteiras. Traz boas recordações de todos, menos saudades da aventura na Turquia, de onde saiu às escondidas depois de três meses sem receber. Ex-namorado de Iva Lamarão, a apresentadora do Fama Show da SIC, André Santos assume-se como sportinguista de coração, revela que ainda não pensou no pós futebol e apesar de ter investido em vários imóveis, está a viver numa casa alugada

Pela primeira vez na história, um português é 1.º cabeça-de-série de um torneio ATP

João Sousa, 40.º do ranking mundial, é o principal favorito no ATP 250 de São Paulo, que se disputa na próxima semana

A Juventus voltou a ganhar. A notícia é que Cristiano Ronaldo não marcou

Vitória suada do campeão italiano em casa do Bolonha por 1-0. Marcou Paulo Dybala, português ficou em branco

Zona mista

“O Bruno de Carvalho é uma serpente com várias vidas”

Rodolfo, no programa Play Off

O que aí vem

Segunda-feira
O Sporting joga no Funchal, com o Marítimo, às 19h (SportTV), um jogo com uma história particular, pois foi lá, em 2018, que foi semeada a semente que daria origem à invasão de Alcochete. Depois, às 21h15 (BTV), o Benfica recebe o Chaves. Acompanhe os dois encontros em direto e ao minuto na Tribuna Expresso.

Terça-feira
A primeira-mão da segunda meia-final da Taça de Portugal: Braga - FC Porto, às 20h15, na RTP. Obviamente, pode seguir o jogo em direto e ao minuto no sítio do costume. Também há jogos na Premier League: Huddersfield - Wolves, Cardiff - Everton, Leicester - Brighton e Newcastle - Burnley.

Quarta-feira
Mais Premier League: Southampton - Fulham, Arsenal - Bournemouth, Crystal Palace - Manchester United, Liverpool - Watford, City - West Ham e Tottenham - Chelsea.

Sexta-feira
Arranca a 24.ª jornada da Liga: Aves - Boavista (20h30, SportTV).

Sábado
Há o Nacional - Tondela (15h30, SportTV), o Moreirense - Vitória de Setúbal (18h, SportTV) e depois chega o grande clássico: FC Porto - Benfica (às 20h30, na SportTV e na Tribuna Expresso), que poderá definir alguma coisa no campeonato.

Domingo
Continua a 24.ª jornada: Belenenses - Feirense (15h), Chaves - Santa Clara (15h), Rio Ave - Braga (17h30), e Sporting - Portimonense (20h). Os jogos disputam-se na SportTV.

Hoje deu-nos para isto

O presidente destituído do Sporting insiste que a assembleia geral de sábado "está ferida de ilegalidade". Em direto ao telefone no programa Play-Off da SIC Notícias, Bruno de Carvalho disse que aceita as eleições de 8 de setembro, que vai concorrer e que "as pessoas vão decidir".