Tribuna Expresso

Perfil

Opinião

As fações em que Keizer divide o Sporting... e o futebol português

O Sporting já garantiu a passagem à próxima fase da Liga Europa, pelo que o jogo de quinta-feira, frente ao Vorskla, em Alvalade (20h, SIC), servirá essencialmente para Marcel Keizer afinar as novas dinâmicas da equipa nos vários momentos do jogo, explica o treinador Blessing Lumueno

Blessing Lumueno

Marcel Keizer estreou-se no Alvalade XXI no domingo, frente ao Aves, com uma vitória (4-1)

Miguel A. Lopes/Lusa

Partilhar

O novo treinador do Sporting tem sido o maior tema de debate do futebol português na atualidade. Cativa a bancada do Alvalade XXI, cria repulsa nos que acreditam que o treinador português é o melhor do mundo, causa dúvida aos adeptos rivais, gera curiosidade.

Marcel Keizer não tem deixado ninguém indiferente e todas as fações têm feito por se afirmarem, polarizando as suas impressões sobre o treinador holandês de 49 anos. Sendo que é muito cedo para que se possa dizer algo conclusivo sobre Keizer, sobre a sua nova ideia para o Sporting, sobre a adaptação dos jogadores ao que ele quer, sobre a gestão das expectativas, é preciso que se diga que há algo diferente na turma que se desenvolve em Alcochete nestas últimas semanas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)