Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Opinião
Rita Nunes

Rita Nunes

Diretora do Departamento de Estudos e Projetos do COP

Celebrar o Olimpismo

Todas as sextas-feiras, a Tribuna Expresso publica uma opinião em parceria com o Comité Olímpico de Portugal, sobre o universo desportivo no nosso país. Hoje, escreve Rita Nunes, diretora do Departamento de Estudos e Projetos do COP

Rita Nunes

JEWEL SAMAD

Partilhar

Assinalar o Dia Olímpico significa celebrar a criação do Olimpismo moderno, idealizado e concretizado através da iniciativa de Pierre de Coubertin, em 1894.

Foi a 23 de junho de 1894 que delegados de 12 países se reuniram na Universidade de Sorbonne, em Paris, para votarem por unanimidade a proposta de Pierre de Coubertin no sentido da realização dos Jogos Olímpicos, à semelhança do que acontecia na Grécia antiga.

Nesse dia constituiu-se o Comité Olímpico Internacional (COI) e definiu-se que de quatro em quatro anos, iniciando-se em 1896, se passavam a organizar, em cidades, de diferentes países, os Jogos Olímpicos da Era Moderna, um evento multidesportivo, organizado à escala global com o objetivo de promover o encontro e a competição de atletas oriundos de todo o mundo em diversas modalidades desportivas.

Portugal foi pioneiro

O Dia Olímpico foi celebrado pela primeira vez em 1948. Foram nove os Comités Olímpicos Nacionais que se associaram para assinalar esta efeméride. Portugal foi um dos países pioneiros, juntamente com Áustria, Bélgica, Canadá, Grã-Bretanha, Grécia, Suíça, Uruguai e Venezuela.

Ano após ano, as celebrações do Dia Olímpico têm alcançado cada vez mais participantes e adeptos em todo o mundo, realizando-se atualmente milhares de atividades desportivas, culturais e educativas que têm por base os três pilares: “Mexe-te, Aprende e Descobre”.

Em 2020, foram 96 os Comités Olímpicos Nacionais que realizaram atividades, em formato presencial e digital, alcançando de acordo com os dados do COI um total de 134 715 742 participantes. Em Portugal, devido à situação pandémica, todas as atividades previstas foram transformadas em iniciativas digitais. No total, 103 200 pessoas visualizaram as publicações do Dia Olímpico no Facebook e 83 603 no Instagram.

Mais do que um evento desportivo, as celebrações do Dia Olímpico pretendem ser um momento único para se conhecer melhor e incorporar os Valores Olímpicos - Excelência, Amizade e Respeito – quer em contexto desportivo, quer no nosso dia-a-dia.

Vamos todos celebrar o Dia Olímpico

Este ano o Comité Olímpico de Portugal (COP) preparou um conjunto de atividades em que todos poderão participar. É através das Redes Socias do COP (Facebook, Instagram e Twitter), à distância de um clique, que todos os interessados poderão participar na ESTAFETA DIGITAL DO DIA OLÍMPICO.

Esta Estafeta tem como objetivo desafiar os participantes a descobrirem mais sobre o Movimento Olímpico, envolverem-se no apoio à missão de Portugal que estará nos Jogos Olímpicos de Tóquio e associarem-se à promoção desta importante data para o Movimento Olímpico. Todos os participantes que completarem os desafios propostos obtêm um Diploma do Dia Olímpico atribuído em conjunto por COI e COP.

Adicionalmente a esta campanha digital, no dia 23 de junho, será assinada a parceria com o Plano Nacional de Leitura 2027 no âmbito do projeto “Craques da Leitura” e lançado um Caderno de Atividades de Educação Olímpica direcionado para os alunos do 2.º Ciclo.

Para além das atividades digitais, em 2021, o COP retomou o apoio à organização de atividades presenciais que, em cumprimento com as diretrizes da Direção Geral de Saúde, estão a ser organizadas em diferentes localidades do país (Cantanhede, Pombal, Marinha Grande, Odivelas, Coimbra, Porto e Lisboa), com a colaboração de diversos parceiros.

O desafio está lançado!

Celebre o Dia Olímpico e mantenha vivos os ideias do Movimento Olímpico!