Tribuna Expresso

Perfil

  • Entrevista ao presidente do superMoreirense: “Ninguém nasce grande”

    Futebol nacional

    Quase 17 anos após pisar pela primeira vez o palco da I Liga, a equipa que veste de xadrez verde-branco está de novo em festa. Caué e companhia são hoje recebidos com pompa e circunstância nos Paços do Concelho, em Guimarães, antes do regresso em grande à vila de Moreira de Cónegos. O líder histórico do clube, Vítor Magalhães, conta como vai repartir irmamente as receitas da Taça CTT pelos heróis improváveis da conquista do único troféu entre os grandes, em 78 anos de história. Republicamos a entrevista que saiu no Diário desta segunda-feira

  • Entrevista ao presidente do superMoreirense: “Ninguém nasce grande”

    Futebol nacional

    Quase 17 anos após pisar pela primeira vez o palco da I Liga, a equipa que veste de xadrez verde-branco está de novo em festa. Caué e companhia são hoje recebidos com pompa e circunstância nos Paços do Concelho, em Guimarães, antes do regresso em grande à vila de Moreira de Cónegos. O líder histórico do clube, Vítor Magalhães, conta como vai repartir irmamente as receitas da Taça CTT pelos heróis improváveis da conquista do único troféu entre os grandes, em 78 anos de história

  • Taça CTT, a prova onde ninguém fica a perder (nos cofres)

    Futebol nacional

    Vitoriosas e derrotadas em campo, eliminadas precocemente ou não, as 37 equipas participantes da renovada Taça da Liga vão receber de forma igualitária os dividendos da prova, cuja receita maior são os €800 mil de direitos televisivos anuais. Distribuição gizada em prol da sustentabilidade da II Liga e da solidariedade, diz ao Expresso o presidente da Liga