Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

FC Porto vai processar vice-presidente do Benfica

Em comunicado, o clube portista anuncia que vai processar Varandas Fernandes, por "declarações falsas e difamatórias"

Tribuna Expresso

Varandas Fernandes, vice-presidente do Benfica

DR

Partilhar

Um dia depois da conferência de imprensa de Varandas Fernandes sobre um alegado 'hacker' que terá acedido aos e-mails do Benfica, o FC Porto responde com um processo ao vice-presidente do clube da Luz.

De acordo com um comunicado publicado esta sexta-feira no site do FC Porto, Varandas Fernandes proferiu "declarações falsas e difamatórias", pelo que o clube "deu instruções ao departamento jurídico para proceder judicialmente contra Varandas Fernandes".

Os portistas alegam que o vice-presidente do Benfica insinuou "que o FC Porto pagou e instigou o acesso ilegítimo do sistema informático do Benfica."

Recorde-se que, quinta-feira, o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, negou que o clube portista tenha comprado os e-mails benfiquistas.

O comunicado do FC Porto, na íntegra

"O FC Porto deu instruções ao departamento jurídico para proceder judicialmente contra Varandas Fernandes. Em causa estão as declarações falsas e difamatórias do vice-presidente do Benfica, tendo afirmado que o FC Porto pagou e instigou o acesso ilegítimo do sistema informático do Benfica.

“Alguém acredita que um hacker conhecido por vender informações ia oferecer informação a troco de nada?” e “Acreditamos que a justiça, obviamente, conseguirá provar a forma e as contrapartidas financeiras que estiveram por trás do modo como o FC Porto obteve informação roubada ao Benfica” são exemplos de declarações mentirosas e difamatórias."