Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição: “Disse-lhe que gostava dele e isso não é fácil. Até os meus filhos se queixam: ‘Ó pai, nunca dizes que gostas de nós’”

Sérgio Conceição fez a antevisão do jogo de sábado contra o Marítimo e falou sobre o próximo adversário, sobre um chamada telefónica para Peseiro e de um jogador a quem espera dar mais motivação

Tribuna Expresso

FRANCISCO LEONG

Partilhar

O Marítimo

“Esse jogo já foi no ano passado. Foi um jogo importante numa fase final do campeonato. É uma saída historicamente difícil para o FCP. É uma equipa que nos habituou a jogar sempre pelos oito primeiros lugares. Vamos encontrar com qualidade individual, embora não tenham estado tão constantes como no ano passado. Temos que fazer aquilo que nos compete: conquistar os três pontos. É um jogo difícil”

José Peseiro

“Cada vez mais as pessoas olham para o resultado, para o momento. Cometem-se erros e tive oportunidade de enviar uma mensagem ao Peseiro a dar-lhe conta do meu apoio, porque ele também o fez num momento difícil da minha carreira profissional. Não tinha muito contacto com ele e ele telefonou-me - e eu não me esqueço disso. É extremamente injusto, mas eu não tenho de me meter na vida dos outros clubes. Não tenho de criticar nada, mas estou completamente solidário com ele”

Sérgio Oliveira

“Em relação ao Sérgio Oliveira, fiquei surpreendido pela crónica do Otávio Ribeiro que escreveu sem saber sobre aquilo que eu falei com o meu jogador. O que eu fiz foi isto: num momento difícil, estive com o meu jogador. Eu faço isso sempre, estou sempre com os meus jogadores. Ele tem andado com um espírito pouco positivo e o que eu lhe disse é que gostava dele. E, depois, começámos numa amena cavaqueira e esqueci-me dos holofotes. “Sérgio, calma, isto acontece”. Até os meus filhos se queixam disto: “Óh pai, nunca dizes que gostas de nós”. E não é fácil para mim dizer. Eu dei a braçadeira ao Sérgio porque ele era o jogador mais antigo no clube na equipa que foi a jogo.”

Mercado de inverno

“Ainda falta muito tempo e a seu tempo falaremos dessa situação”