Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Luís Castro: “Não conseguimos o golo, temos pena”

Em declarações à SportTV, o treinador do Vitória de Guimarães

NurPhoto

Partilhar

O resultado

“Respeito a opinião do Sérgio e não vou comentar. Durante os primeiros 35 minutos, as duas equipas tiverm a baliza na cabeça, pressionámos alto, condicionámos o Porto, mas nos últimos dez minutos formos muito pressionados pelo FC Porto. O Porto é competente, com um treinador competente, que passou incólume na Liga dos Campeões. Sabíamos que ia ser uma batalha dura. A segunda parte, baixámos as linhas e quisemos sair em ataque rápido, não tantas vezes como gostaríamos. Depois, nos últimos minutos do jogo, o FC Porto fez uma grande pressão, novamente, e nós tentámos sair em contra-ataque, mas sem a melhor definição. O resultado, penso eu, ajusta-se.”

A defesa

“Quando lançamos um jogo, lançamos sempre com a vontade de ganhar. Mas também sabemos que somos a terceira equipa menos batida do campeonato, temos competência a defender. Defendemos bem. Não conseguimos o golo, temos pena. Sempre que nós nos entregamos por completo à nossa missão, com competência, em todos os momentos do jogo... A correlação de forças tem de ser entendida, temos de saber interpretar. Saio muito satisfeito com os meus jogadores.”

A proximidade do Sporting

“O nosso objetivo é ganhar jogo a jogo e no final faremos as contas. Aí, sim, falarei sobre isso, sobre o que foi bom ou mau no nosso campeonato”.