Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição: "Fizemos nestes dois anos 88 e 85 pontos. Ultrapassámos os 170 pontos nos dois campeonatos, o que é de louvar"

Treinador do FC Porto lamenta que a sua equipa não tenha conseguido o bicampeonato, mas elogia o esforços dos seus atleta, após a vitória frente ao Sporting por 2-1

Tribuna Expresso

Quality Sport Images/Getty

Partilhar

Contexto difícil

"Era um jogo difícil, sabíamos, por tudo aquilo que tem acontecido nas últimas jornadas, que seria muitíssimo difícil ganhar este campeonato, e nós tínhamos de fazer o nosso trabalho. É verdade que não entramos com o entusiasmo que eu gostava, e isso foi dito aos jogadores. Mas sabíamos que era um jogo com um contexto difícil, passamos um campeonato inteiro em primeiro lugar, 23 jornadas em primeiro lugar, fizemos nestes dois anos 88 e 85 pontos. Ultrapassamos os 170 pontos nos dois campeonatos, o que é de louvar e de realçar neste grupo de trabalho. Mas infelizmente não chegou para sermos bicampeões"

Taça de Portugal

"Temos um título a disputar, eu acho que nesta casa nós vivemos disso, de títulos, e é para isso que vamos trabalhar esta semana focados e preparar o jogo da melhor forma para dar uma boa resposta"

Melhor na 2.ª parte

"Eu estranhei ser diferente na primeira parte, porque nós na segunda parte já fomos mais nós próprios e já fomos à procura da vitória porque independentemente daquilo que se passasse no outro estádio o importante era ganharmos e ficarmos com os 3 pontos para depois vermos o que é que acontecia. Foi o que aconteceu, ganhámos, fomos os vencedores foi pena esta fase final...

Corona

"Não vi sinceramente nenhuma agressão por parte do Corona, e ficamos sem um jogador extremamente importante. Eu acho que é, até para o próprio espectáculo, negativo porque tenho ali um jogador completamente destroçado porque não pode jogar uma final que tanto trabalhou durante a época para estar presente numa situação onde ele não fez absolutamente nada". O árbitro disse que ele teve a intenção, mas houve ali muitos jogadores nesta “escaramuça” que tiveram a intenção e foi o Corona que foi o único expulso"

Balanço

"Por tudo aquilo que foi esta época e que é esta paixão que existe neste clube entre aquilo que é a equipa e os adeptos, nós vivemos de uma forma muito apaixonada com isso, de uma forma muito determinada muito ambiciosa, cada jogo e cada momento aqui. E têm sido dois anos maravilhosos nesse sentido, infelizmente não se pode ganhar todos os títulos, nós queríamos muito e acabar hoje aqui o campeonato com mais um título no palmarés na história deste grande clube que é o Futebol Clube do Porto. Infelizmente não o conseguimos, mas temos um título agora na próxima semana para oferecer não só para o clube em si como para os adeptos"