Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição, a final da Taça, o Jamor, a pancada, o relvado, o sol, o vento: "Nada vai interferir"

Treinador do FC Porto desvaloriza a probabilidade das condições do Jamor terem influência na final da Taça de sábado e diz até que este ano levou "tanta pancada" quanto o relvado do Estádio Nacional, esta época utilizado pelo Belenenses SAD

Tribuna Expresso

FERNANDO VELUDO

Partilhar

Pesadelos com os últimos jogos a eliminar com o Sporting?

"Não, não, pesadelos nenhuns. Queremos ganhar nos 90 minutos e cada jogo tem a sua história. Esta final terá a sua história e sua vida. Trabalhamos todos os pormenores para ganhar o jogo"

O Sporting

"Analisamos todos os adversários ao pormenor, quer ao nível individual como coletivamente. Quanto a esta equipa do Sporting em particular, até porque tem mudado de esquema com este novo treinador, estamos preparados para as dificuldades e para o Sporting nos diferentes momentos. É uma final importante porque é um título que podemos conquistar e esta casa está habituada a títulos. Queremos ganhar e depois faremos a análise do que foi esta época. Não há muitas coisas a mudar, não é numa semana que se vai mudar. Estamos sempre muito motivados a partir do momento em que entramos no Olival. Amanhã temos uma final, o Hector [Herrera] acabou de dizer que o grupo está muito concentrado em ganhar o jogo, frente a uma equipa forte, com qualidade individual, com uma dinâmica interessante"

O relvado do Jamor e a pancada

"Estava quase a dizer que este ano levei tanta pancada quanto o relvado do Jamor. Sabemos o que vamos encontrar, sabemos do relvado, do sol, do vento… nada vai interferir"

Carinho pela Taça

"Tenho a ambição de ganhar títulos, tenho um carinho muito especial pela Taça de Portugal e faz hoje anos que ganhei aqui uma Taça pelo FC Porto. Tenho carinho porque encerra a época, é um dia bonito, um dia da família. O que pode fazer a diferença? Não vejo nada que possa ser diferente de outros jogos. Estou confiante e tranquilo porque tenho um grupo que conheço bem, que tem dado uma resposta fantástica nestes dois anos que estão comigo"