Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição recusa cumprimentar Varandas na tribuna presidencial

Em desenvolvimento

Sporting bateu o Porto nas grandes penalidades, na final da Taça de Portugal

Tribuna Expresso

Partilhar

Sérgio Conceição já o disse esta época — não só tem mau perder, como considera que foi por isso que o FC Porto o contratou. Este sábado, depois da derrota da sua equipa frente ao Sporting nas grandes penalidades, num cenário já visto na final da Taça da Liga desta época, o técnico portista fazia o habitual percurso de entrega das medalhas quando se cruzou com Frederico Varandas, Presidente do Sporting. À mão estendida, o técnico portista respondeu com uma recusa, afastando-a.

As palavras que Sérgio Conceição dirige a Varandas não são percetíveis, mas o episódio não passou despercebido às câmaras de televisão. Antes de passar pelo Presidente do Sporting, Conceição tinha cumprimentado o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, e ainda o ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues.