Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Marchesín, Saravia, Luís Díaz e Uribe foram à festa de aniversário da mulher do colombiano e estão fora da convocatória

O guarda-redes, o extremo, o lateral direito e o médio foram à festa de 30 anos da mulher do colombiano, terão ultrapassado a hora de recolher obrigatório do clube e Sérgio Conceição retirou-os da convocatória para o dérbi de domingo, contra o Boavista. Os jogadores só terão chegado a casa por volta das 5h da madruga de sábado

Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

Na sexta-feira, Cindy Álvarez Garcia, mulher de Matheus Uribe, organizou uma festa de aniversário em casa. Ia celebrar os seus 30 anos. O jogador do FC Porto convidou Agustín Marchesín, Renzo Saravia e Luis Díaz, companheiros de equipa com quem partilha o continente de nascimento.

Os argentinos e o colombiano terão aceitado, quiçá aproveitando o facto de, no dia seguinte, Sérgio Conceição ter poupado a equipa do habitual treino em véspera de jogo, trocando-o, apenas, por uma reunião de equipa, pela tarde. Na quinta-feira, o FC Porto chegaram já de madrugada ao Porto, vindos de Glasgow, onde perderam (2-0) com o Rangers para a Liga Europa.

Ora, indo à festa, os quatro jogadores saberiam que teria de dar entrada em casa própria, no máximo, até às 23h, tal e qual os regulamentos do clube ditam, escreve o jornal "O Jogo". Mas, segundo a mesma publicação, todos ainda estariam na festa por volta das 5h da madrugada de sábado.

Lá terão permanecido até tão tarde, ouvindo a música do DJ contratado para a ocasião e aproveitando a festa, em parte, devido à presença no evento de Pedro Pinho, agente próximo da SAD do FC Porto e de Jorge Nuno Pinto da Costa, noticiou o "Record".

Ao fim da tarde deste sábado, em antevisão ao dérbi contra o Boavista (21h, Sport TV2), o treinador Sérgio Conceição dissera que "isto de representar o FC Porto não basta ter contrato, tem que se sentir o clube". Dos quatro jogadores retirados da convocatória, apenas Saravia não é um habitual titular da equipa.