Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Pinto da Costa: “Dei 17 mil passos ao telefone, falei durante quatro horas, cheguei ao fim do dia rouco”

Em entrevista ao Porto Canal, Pinto da Costa não perdeu muito tempo a falar do passado, no dia em que passaram 38 anos de presidência. Falou do presente, de alguns treinadores e dos passos confinados

Tribuna Expresso

JOSÉ COELHO

Partilhar

O título

“Estamos todos convencidos que sim [conquistar a Liga e a Taça de Portugal], estamos todos a trabalhar para que seja assim. Toda a direção, staff, jogadores, todos os adeptos, todos acreditamos que será possível.”

O telefone

“Quero é resolver os problemas do presente e preparar o futuro. Ontem, por exemplo, cheguei ao fim do dia rouco de tanto tempo que estive ao telefone com a administração, com o treinador e outras pessoas do FC Porto. Dei 17 mil passos a falar ao telefone, cerca de quatro horas. O que ganhámos é história”.

Sérgio Conceição e outros

“Desde José Maria Pedroto até Sérgio Conceição, que sente o FC Porto como nós, passando por outros, como o Ivic, Robson, Carlos Alberto Silva, deixo uma palavra de amizade. Ao Artur Jorge, que foi o primeiro campeão europeu português. Todos ajudaram muito aos nossos sucessos”.