Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição e os estádios sem público: “É como uma salada sem azeite, sal e vinagre. Mas se tivermos fome temos de comer na mesma”

Foi o regresso de Sérgio Conceição às antevisões, três meses depois. O FC Porto joga na quarta-feira com o Famalicão e o treinador do FC Porto espera "um novo desafio" e confirma a ausência de Nakajima que, sublinha, será assunto para a direção resolver. Sérgio Conceição negou ainda que o FC Porto não desejasse o regresso do campeonato: "Não fomos de férias. Isso mostra a nossa vontade de voltar a jogar"

Tribuna Expresso

Alessandro Raposo/FC Porto

Partilhar

O regresso

"É com gosto e é um prazer estar aqui outra vez depois de três meses fora. Às vezes temos opiniões divergentes mas é bom estar de volta. Não foram meses fáceis para ninguém. Foi preciso sermos inteligentes na forma de manter o plantel motivado e com foco para depois finalizar o campeonato e a Taça. A equipa está focada, a trabalhar muitíssimo bem, fez um trabalho fabuloso nas últimas semanas. Com esforço de toda a gente. Um obrigada a todos e aos jogadores pelo trabalho que fizeram"

Famalicão

"Uma equipa que para mim é a verdadeira surpresa do campeonato, com qualidade individual, jovens jogadores de qualidade e um treinador com categoria e com futuro, tem muito mérito. Acredito que tenham trabalhado ao mais alto nível, têm uma estrutura forte, é uma equipa estável. Conhecemos bem coletivamente a equipa do Famalicão, não acredito que vá mudar muito a dinâmica da equipa e aí não vai haver surpresas. O desconhecido vai ser o plano físico, o estádio, a envolvência"

Paragem

"A paragem não beneficiou ninguém, ninguém estava à espera desta pandemia. Não quero entrar num discurso de que uma equipa ganhou e outra não... foi mau para toda a gente. Ninguém esperava esta crise, que é social e afeta o futebol também. Houve gente que perdeu familiares… quem perdeu mais ou não, não quero ir por aí"

FCP não queria regresso da Liga?

"Nós nunca parámos, nós não fomos de férias, foi de uma forma diferente mas todos os dias tivemos trabalho. Isso mostra a nossa vontade de voltar a jogar"

Segurança

"Isto é um mundo novo e as normas de segurança, aquilo que é exigido às pessoas, é para toda a gente e também para o futebol, que tem de ter os cuidados que a DGS propôs. Os Super Dragões e o Sérgio Conceição não têm de ter menos que os outros. Mas aquilo que eu espero é que não se entre aqui no exagero e que o futebol seja um exemplo positivo. A minha grande preocupação em Famalicão é jogar num ambiente limpo, com certeza que as pessoas que vão fazer parte do jogo vão estar super-controladas e aproveito para dar os parabéns porque se criaram condições para se acabar o campeonato"

Marcano e ausência de Nakajima

“É sempre mau não ter o plantel todo. Lamento profundamente o que aconteceu ao Marcano que é um elemento importante no grupo e também no balneário. O Nakajima não está no grupo, a direção tratará da melhor forma desse assunto”

Um novo desafio

"É uma situação nova para toda a gente, é um desafio diferente. Naquilo que vamos encontrar… é uma incógnita, não sabemos. Aqui foi tudo diferentes, foram três meses em que os jogadores só há pouco tempo se juntaram em treinos coletivos. Mas naquilo que é a preparação do jogo, aspectos técnicos, tivemos até mais algum tempo que nos permitem até ir aqui e acolá a pormenores. Nós sabemos como estamos, não sabemos o que vamos encontrar do outro lado"

Bancadas sem público

"Vai ser diferente. Entrar num jogo oficial sem público, é como não ter os condimentos. É uma salada sem azeite, sal e vinagre. Mas se tivermos fome temos de comer na mesma. Vai ser diferente, com certeza. O tal incentivo dos adeptos, aquele plus que os jogadores às vezes precisam, vai fazer falta. Até os assobios vão fazer falta"

Manafá

"O Manafá é uma solução para a esquerda, como são outros. Num esquema de três centrais por exemplo. Mas aqui já estou a fazer um bocadinho de bluff"

Recomeçar onde se parou

"Espero que seja retomada a dinâmica que estava a ter o campeonato, até porque quando o campeonato parou a equipa estava bem, a equipa tinha ganhado jogos importantes, tínhamos recuperado muitos pontos. Espero dar continuidade a toda essa dinâmica que estávamos a ter. Não falo do último jogo, que foi um empate, mas acho que merecíamos ganhar, só não ganhámos por causa de uma noite infeliz da terceira equipa. E aproveito para desejar felicidades a essas terceiras equipas e que no final ganhe quem teve mais mérito”

Problemas na defesa

"Nós queríamos ter todo o plantel à disposição. Quando falo em defesa falo da organização defensiva. Estou tranquilo, independentemente de jogar A, B, C ou D"