Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Negócio Fábio Silva: FC Porto paga €7 milhões à Gestifute e €3 milhões à empresa do pai do jogador

Wolwerhampton pagou 40 M€ por jovem do FC Porto

Lusa e Tribuna Expresso

Partilhar

O FC Porto vai pagar 10 milhões de euros de serviços de intermediação na transferência do futebolista Fábio Silva para o Wolwerhampton, por 40 M€, anunciaram os 'dragões' em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"A Futebol Clube do Porto -- Futebol, SAD (...) vem informar o mercado que, decorrente da transferência do jogador Fábio Silva para o Wolverhampton, por 40 milhões de euros, e da execução dos acordos previamente alcançados, terá encargos com serviços de intermediação, com as empresas Gestifute, SA e STV, Lda, englobando um valor base acrescido do prémio de objetivos, que corresponde a 7MEuros (sete milhões de euros) e 3MEuro (três milhões de euros), respetivamente", lê-se na nota da SAD 'azul e branca'.

A Gestifute é a agência do empresário Jorge Mendes e a STV (Soccer Talent Vision) é de Jorge Silva, antigo jogador do Boavista - e pai de Fábio Silva.

No sábado, o FC Porto tinha anunciado a venda do avançado português Fábio Silva aos ingleses do Wolverhampton, que pagaram 40 milhões de euros.

Fábio Silva, de 18 anos, assinou contrato com o emblema inglês até 2025 e vai aumentar o contingente luso no Wolverhampton, que é treinado por Nuno Espírito Santo e que conta no plantel com Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Pedro Neto, Daniel Podence e Diogo Jota, aos quais se juntou hoje Vítor Ferreira, emprestado pelo FC Porto.