Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição, a Taça e um possível reforço: "O Hulk não é opção para o Fabril e o Marega é opção para o Fabril"

Na conferência de imprensa de antevisão do jogo frente ao Fabril (sábado, 14h30, SportTV1), Sérgio Conceição alertou os jogadores: "Os adversários tornam-se mais ou menos frágeis dependendo do que nós fizermos em campo"

sic notícias e lusa

Partilhar

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, garantiu, esta sexta-feira, que pretende evitar "as surpresas da Taça de Portugal" no jogo de sábado, frente ao Fabril, na terceira eliminatória da competição, prometendo uma equipa "sem relaxamentos".

"A Taça é uma prova fantástica, pela qual tenho um carinho muito especial, até pelas surpresas que acontecem. Mas não queremos ser surpreendidos com essas situações que tantas vezes acontecem nesta prova. Queremos começar bem e revalidar o título que conquistámos", disse o técnico dos ‘dragões’, em conferência de imprensa.

O treinador do FC Porto garantiu que grupo "está consciente das dificuldades que pode encontrar se não estiver seu nível habitual" no embate contra o adversário do Campeonato de Portugal, afirmando que o jogo com o Marselha, da Liga dos Campeões, na terça-feira, não pode estar já no horizonte.

"Os jogadores estão muito comprometidos, e mesmo os novos, que inicialmente poderiam ter alguma dificuldade, vão-se encaixando na forma exigente de trabalhar que temos, com muita seriedade, independentemente do adversário", vincou.

Sérgio Conceição revelou conhecimento sobre o adversário e as várias variantes táticas que pode utilizar, e, mesmo assumindo o natural favoritismo na partida, prometeu um FC Porto com "muito respeito" por este oponente, que milita no terceiro escalão.

"O Fabril, pela sua história e valor merece-nos muito respeito. Os adversários tornam-se mais ou menos frágeis dependendo do que nós fizermos em campo. Somos favoritos, mas temos de os respeitar. Pela seriedade da preparação do jogo, os nossos jogadores percebem que vamos ter de estar ao nosso melhor nível", assumiu o treinador do FC Porto.

"O treino é que dita quem é que eu utilizo, com uma ou outra exceção"

O técnico dos ‘dragões' admitiu que possa promover algumas alterações na equipa, mas rejeitou a ideia de que estes jogos contra adversários de escalões inferiores "sirvam de vitamina ou suplemento [anímico] para um ou outro jogador".

"O treino é que dita quem é que eu utilizo, com uma ou outra exceção. Provavelmente, haverá mexidas, mas não por falta de respeito pelo adversário ou a pensar no jogo de terça-feira, com o Marselha. Quem faz as coisas dessa forma normalmente dá-se mal nos dois jogos", vincou.

O treinador dos ‘azuis e brancos' aproveitou para elogiar a qualidade de trabalho e dos atletas dos escalões não profissionais nacionais, lamentando que nem sempre haja oportunidades para esses jogadores se afirmarem em patamares superiores.

"Sigo o Campeonato de Portugal, assim como os distritais, e sou um admirador confesso. Há qualidade, mas muitas vezes faltam oportunidades para que os jogadores se possam mostrar. Estes jogos da Taça são uma boa maneira de divulgarem a sua qualidade e talento", partilhou.

Felipe e Hulk

Sérgio Conceição foi ainda questionado sobre a integração do reforço brasileiro Felipe Anderson, que ainda não se afirmou na equipa, mas não confirmou se o atacante entra nas opções iniciais para este desafio com o Fabril.

"Tem trabalhado muito bem. No treino, não há nada a dizer, e estas duas semanas [de paragem do campeonato] foram importantes. Agora depende dele, da capacidade que tem de meter no treino aquilo que eu quero, para que depois isso possa ser visível no jogo", descreveu.

Já sobre a eventual contratação do avançado brasileiro Hulk, na reabertura do mercado de transferências, em janeiro, e uma possível saída de Marega, o treinador portista foi bem mais lacónico: "O Hulk não é opção para o Fabril, e o Marega é opção para o Fabril".

Confirmada pelo técnico foi ausência de Pepe nesta partida, com Sérgio Conceição a partilhar que o defesa central "tem uma lesão muito chata" e que "não vai estar neste jogo e dificilmente estará para o Marselha".

O lote de lesionados nos ‘dragões' integra ainda o defesa Marcano, o guarda-redes Mbaye e o médio Grujic.

O FC Porto defronta no sábado o Fabril, no estádio Alfredo da Silva, no Barreiro, numa partida agendada para as 14:30, que terá arbitragem de João Bento, da Associação de Futebol de Santarém.