Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
FC Porto

Sérgio Conceição: "Houve momentos em que complicámos o que era fácil"

Treinador do FC Porto diz que vitória da sua equipa frente ao Moreirense não está em causa, mas que não gostou de alguns momentos do jogo

Tribuna Expresso

Octavio Passos/Getty

Partilhar

Jogo partido

“Tivemos mais ocasiões de golo mas foi um jogo em que algumas ocasiões não gostei muito. Foi um jogo entretido, mas faltou alguma consistência, jogo algo partido. Houve momentos em que não me agradou muito. Obviamente que houve momentos interessantes, em que os jogadores interpretaram muito bem o que eu queria para o jogo, nomeadamente encontrar o Taremi e o Corona entre-linhas. Houve outras vezes em que complicámos o que era fácil. Mas resultado justo, se tivéssemos feito mais ninguém ninguém se admiraria. Contra um adversário quase sempre controlado, houve uma ou outra situação na 2.ª parte com saídas rápidas que poderiam ter causado perigo”

Mudanças no ataque

“Senti que o Marega não estava tão bem no jogo, foi uma opção meter o Toni Martinez e depois refrescar, algum cansaço do Corona, do Luis Diaz, do próprio Taremi, que não nos podemos esquecer que há pouco tempo saiu com um problema muscular. Há que fazer alguma gestão”

Primeiro lugar

“Nós somos campeões nacionais e temos de ir atrás disso, desse primeiro lugar. Jogo a jogo, eu sei que é um chavão, mas é isso que temos de fazer, cada jogo é uma final e nós estamos a correr atrás do prejuízo e temos de ter consciência que não podemos perder mais pontos e fazer mais pontos. Isto é uma maratona, um campeonato longo, difícil e estamos preparados”