Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Pepe: "Queria deixar uma nota: acho que é inaceitável que o Pizzi acabe este jogo"

Capitão do FC Porto deixou críticas à arbitragem do clássico, que terminou com um empate

Octavio Passos/Getty

Partilhar

O jogo

“Tentamos fazer o nosso jogo, em algumas partes conseguimos impor o nosso ritmo, sabíamos que ia ser difícil pelos 120 minutos que fizemos na Madeira. Não é desculpa, queríamos ganhar e com 10 procurámos a baliza adversário. Isso demonstra o espírito que temos, o nível de competitividade que há, é fantástico”

Críticas

“O clube e o mister tenta sempre ser fiel às suas ideias, onde quer que seja, vamos sempre com tudo, em casa queríamos ganhar porque ficava mais curta a distancia para o 1.º colocado. Não foi possível. Queria deixar uma nota: acho que é inaceitável que o Pizzi acabe este jogo, mas o futebol é isto. Acabámos com um a menos, o Taremi foi bem expulso mas o Pizzi também tinha de ser. Defendemos o nosso clube, com 11, com 10 e estamos de parabéns pelo esforço”

Jogo partido?

“Somos uma equipa bem trabalhada, partir o jogo é uma coisa que não aceitamos, nem nós nem o nosso mister. A melhor ocasião do jogo na 2.ª parte é do Marega, já com menos um. Agora é descansar, temos um título para conquistar, a Taça da Liga”

Oportunidade desperdiçada

“Já jogámos contra o Sporting e contra o Benfica, temos dois empates. Mas temos de continuar nesta linha, estamos em todas as frentes, somos competitivos e será assim até ao final. Espero que possamos durante a época ir para primeiro”