Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Sporting. Blogues e contas falsas nas redes sociais custavam meio milhão por ano

O Sporting gastou cerca de meio milhão de euros anualmente com uma empresa de comunicação - em múltiplos contratos - durante a liderança de Bruno de Carvalho, de acordo com o “Correio da Manhã” esta segunda-feira

Expresso

ANT\303\223NIO COTRIM

Partilhar

Raros são os mitos no século XXI e no apogeu das redes sociais se constroem sozinhos. O de Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting (e muito em breve candidato outra vez à liderança do clube), como melhor líder de sempre de Alvalade também não terá surgido do nada.

De acordo com o “Correio da Manhã” esta segunda-feira, o Sporting gastou, nos últimos anos, cerca de meio milhão de euros anualmente com uma empresa de comunicação - em múltiplos contratos.

Esta empresa terá sido responsável por alimentar blogues a favor do clube e perfis falsos nas redes sociais - estes tanto atacariam os críticos (alvos definidos pelo Sporting) como defenderiam o clube de possíveis injúrias.

Segundo o “CM”, esta forma de comunicação de “guerrilha” foi fundamental para Bruno de Carvalho nos ataques ao Benfica: foi assim que se espalharam muitas informações (verdades e não) e documentos referentes a processos judiciais (em segredo de justiça) em que o clube encarnado estaria envolvido.

A mesma empresa teria direito a uma conta aberta num restaurante em Lisboa; no final de cada mês, as contas de refeição eram enviadas para o Sporting.