Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Loucos por Gedson Fernandes

Em 2009, Gedson Fernandes custou ao Benfica 250 euros e 25 bolas de futebol. Passados nove anos, chegou à equipa principal e já há muitos clubes internacionais a cobiçá-lo

Expresso

ERDEM SAHIN

Partilhar

O futebol é feito de febres ocasionais, paixões. Estas surgem, na maioria das vezes, quando um novo jogador, um novo talento, se revela aos adeptos.

A última paixoneta da Liga portuguesa parece ser por Gedson Fernandes, o miúdo de 19 anos do Benfica que deu nas vistas na terça-feira no jogo com o Fenerbahçe. Marcou um golo que se revelou um tento decisivo para os encarnados e protagonizou uma grande exibição.

Segundo os desportivos esta quinta-feira, o Benfica está já a preparar um novo contrato para oferecer a Gedson, com uma cláusula de 100 milhões de euros, contra os atuais 60 milhões, de forma a estancar a chuva de interessados que têm chegado à Luz.

O novo miúdo do Benfica chegou às camadas jovens do clube em 2009, vindo do Sport Clube Frielas. Na época, foi o pai de André Almeida, que era treinador das camadas jovens do emblema de Frielas, que agilizou o negócio.

De acordo com os desportivos, o Benfica e o Sporting disputaram a contratação do médio do Frielas. Mas os encarnados levaram a melhor ao apresentar uma proposta... de 250 euros e 25 bolas de futebol.