Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Caso e-toupeira. Infiltrado do Benfica espiou árbitros do Apito Dourado

Espião consultou os dados pessoais de cinco ex-árbitros que foram intervenientes no processo Apito Dourado, conta o “Jornal de Notícias” esta sexta-feira

Expresso

Miguel A. Lopes

Partilhar

Pouco a pouco vão surgindo mais detalhes do caso e-toupeira. O “Jornal de Notícias” revela esta sexta-feira que José Silva, uma das “toupeiras” do Benfica, espiou, no sistema informático do Ministério da Justiça, os dados pessoais de cinco ex-árbitros que foram intervenientes no Processo Apito Dourado.

Segundo o matutino, três dos árbitros espiados chegaram a estar constituídos arguidos no caso; pesquisas terão sido feitas a pedido de Paulo Gonçalves, assessor jurídico da equipa encarnada, numa altura em que o Benfica lançou a campanha “o novo Apito Dourado”.

O propósito final da consulta dos dados financeiros dos árbitros em questão não é ainda conhecido.