Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Ricciardi critica Varandas e diz que o Sporting está “em pré-falência”

Antes das eleições, José Maria Ricciardi já havia alertado para a situação financeira do clube e agora voltou à carga

Expresso

DR

Partilhar

Ainda passou pouco tempo desde que Frederico Varandas chegou à liderança do Sporting, mas o seu nome já é posto em causa. Em entrevista à “CMTV” na terça-feira à noite, José Maria Ricciardi, candidato derrotado nas eleições do mês passado, afirmou saber que o Sporting se encontra “em situação de pré-falência” e que Frederico Varandas não tem capacidade para fazer frente a essa situação.

“O Sporting encontra-se neste momento numa situação de pré-falência e a todos os sócios do Sporting eu vejo-me obrigado a dizer isto: não vejo qualquer capacidade na nova direção para resolver o problema”, afirmou.

Antes das eleições, José Maria Ricciardi já havia alertado para a situação financeira do clube. “Ao contrário do que disse a Comissão de Gestão do Sporting, que eu era um exagerado, o Sporting não pagou uma parcela do que tinha de pagar do Acuña, do Raphinha e do Bataglia. O Sporting não paga aquilo que tem de pagar. Há clubes que ameaçam ir para a FIFA”, disse.

José Maria Ricciardi não reconhece nenhuma mudança positiva em Alvalade com a chegada de Varandas. Mais: diz ser oposição a este, apesar de ter sido derrotado nas eleições do mês passado.

“Sou [oposição a Frederico Varandas], porque ao fim do mês vejo que o Sporting não tem um tostão, deve 54 milhões de euros aos fornecedores — ou pelo menos devia a 30 de junho, entendo que hoje deve dever mais porque já passou algum tempo”, reiterou.