Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Equipa canadiana de curling expulsa de torneio por estar... “extremamente embriagada”

A equipa nacional de curling do Canadá, da qual faz parte Ryan Fry, campeão olímpico em 2014, foi expulsa de um torneio, no último fim de semana, devido a ter comparecido na prova “extremamente embriagada” e após terem chegado à organização do evento várias queixas de outros atletas

Expresso

Valery Sharifulin

Partilhar

A equipa nacional de curling do Canadá, composta por Jamie Koe, DJ Kidby, Chris Schille e ainda Ryan Fry, campeão olímpico em 2014, foi expulsa de um torneio, no último fim de semana, devido a ter comparecido na prova “extremamente embriagada” e após terem chegado à organização do evento várias queixas de outros atletas.

Os quatro curlers apresentaram um “comportamento inaceitável que ninguém quer assistir, ouvir ou escutar”, revelou Wade Thurber, membro do centro de curling de Pidherney, Alberta, onde decorria o torneio Red Deer Curling Classic.

Segundo o jornal britânico “Sun”, os curlers canadianos destruíram parte do balneário e partiram algum equipamento desportivo.

Entretanto, Ryan Fry já veio até às redes sociais pedir desculpas pela equipa. “As minhas ações foram desrespeitadoras e embaraçosas. O comité tomou a decisão certa ao desqualificar-nos. Permiti a mim mesmo que perdesse o controlo e ofendi pessoas com as minhas ações”, escreveu.