Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Os cinco possíveis sucessores de Rui Vitória no Benfica: Jorge Jesus, Vítor Pereira, Paulo Fonseca, Rui Faria e Luís Castro

JJ poderá sair do Al-Hilal em janeiro, abandonando assim a equipa saudita a meio da época e quando esta ocupa o primeiro lugar do campeonato do país

Expresso

Partilhar

Depois da derrota pesada frente ao Bayern Munique, a continuação de Rui Vitória dentro do Benfica ficou mais do que abalada. Todos os desportivos nacionais avançam esta quinta-feira que o treinador português está de saída da Luz; Vitória irá reunir com Vieira hoje de manhã, para acertar as condições de rescisão do seu contrato. Dito isto, a febre por saber quem será o próximo treinador do Benfica já começou, é claro.

O preferido para substituir Vitória é o seu antecessor: Jorge Jesus, que treina o Al-Hilal da Arábia Saudita. Como é público, JJ já disse várias vezes ter vontade de regressar a Portugal e, há duas semanas, em entrevista à “Bola”, não deixou de fora o cenário de voltar a orientar o Benfica.

JJ poderá sair do Al-Hilal em janeiro, abandonando assim a equipa saudita a meio da época e quando esta ocupa o primeiro lugar do campeonato do país. Por resolver, dizem os desportivos, estarão ainda algumas questões financeiras.

Mas JJ não é a única opção em cima da mesa dos encarnados. O “Record”, por exemplo, avança com mais quatro nomes portugueses para o banco do Benfica: Vítor Pereira, antigo treinador do FC Porto, Paulo Fonseca, treinador do Shakhtar Donetsk, Luís Castro, atual líder do Vitória de Guimarães, e Rui Faria que, neste momento, está livre.