Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Sérgio Conceição: “No FC Porto as épocas são um Evereste, por isso é que escolhi ser alpinista”

Sérgio Conceição não espera facilidades até ao final da época, apesar de os dragões terem terminado 2018 no primeiro lugar do campeonato, com mais quatro pontos que o Benfica

Expresso

MIGUEL RIOPA

Partilhar

O FC Porto conquistou o campeonato na época passada e vai bem lançado este ano, porém, Sérgio Conceição não cai em euforias. Em entrevista ao jornal “A Bola” esta quarta-feira, o treinador dos azuis e brancos faz um balanço sóbrio do último ano.

“Todas as épocas representam para nós uma grande montanha. Representam o Evereste. Temos a imensa responsabilidade de ganhar as provas internas, temos a Liga dos Campeões para passar a imagem do FC Porto, um clube histórico, forte, que a par do Barcelona, do Real Madrid, é aquele que tem mais presenças na Liga dos Campeões. Essa responsabilidade é grande. Esse Evereste é sempre muito difícil todas as épocas. Essa responsabilidade é apaixonante, por isso é que escolhi ser alpinista”, disse.

Sérgio Conceição não espera facilidades até ao final da época, apesar de os dragões terem terminado 2018 no primeiro lugar do campeonato, com mais quatro pontos que o Benfica.

“À semelhança da época passada, acho que vai ser igual, muito difícil, muito disputada no campeonato nacional. O campeonato continua forte, equilibrado, as equipas historicamente candidatas ao título continuam competitivas. Hoje vê-se o Benfica a não perder há alguns jogos, o Sporting com um fôlego renovado com a vinda do novo treinador e a mudança de Direção, um Sp. Braga muito mais forte”, afirmou.