Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Depois de Vitória, pode vir Jesus, Mourinho, Luís Castro ou Vítor Pereira

Bruno Lage, treinador do Benfica B desde o início da época, deverá orientar a equipa nos próximos jogos

Expresso

Ahmed Yosri / EPA

Partilhar

Há 35 dias, Luís Filipe Vieira deu um “voto de confiança” a Rui Vitória, uma nova “oportunidade”. Esta, porém, extinguiu-se após a derrota com o Portimonense. Neste momento, o Benfica está sem treinador.

De acordo com os desportivos nacionais esta sexta-feira, Bruno Lage, treinador do Benfica B desde o início da época, deverá orientar a equipa nos próximos jogos. Enquanto isso, a direção encarnada terá de encontrar um substituto para Vitória.

De entre os nomes falados, destaca-se, é claro, o do suspeito do costume: Jorge Jesus. O treinador que mudou-se para a Arábia Saudita no verão passado já confessou - mais do que uma vez - a vontade de regressar a Portugal. E não descartou o cenário de voltar ao Benfica. A opção por JJ pode ter, contudo, um fator surpresa: ainda há muitos adeptos ressentidos com a passagem do técnico pelo Sporting. Além disso, Jesus pode não estar interessado em abandonar o Al-Hilal a meio da época.

O português Marco Silva, treinador do Everton, é outro nome falado para assumir a equipa encarnada. O facto de não estar a passar o melhor momento em Inglaterra podem até antecipar a sua chegada ao Estádio da Luz, escreve o “Record”.

Outro nome sonante que circula dentro da Luz é o de José Mourinho. Desempregado há menos de um mês, Mourinho seria um talismã para qualquer clube. O português, contudo, poderá ser demasiado caro para os cofres do Benfica. Basta lembrar que no Manchester United recebia quinze milhões por ano, mais do dobro do que algum treinador alguma vez recebeu em Portugal.

Vítor Pereira, que “roubou” dois títulos ao Benfica pelo FC Porto em 2011/12 e 2012/13, também é um dos nomes a ser estudados por Vieira. O português comanda, neste momento, o Shanghai SIPG na China e, dizem os desportivos, quer regressar à Europa.

De acordo com o “Jogo”, também Luís Castro, treinador do Vitória de Guimarães, estará a ser sondado pelo Benfica. Ainda há pouco tempo recusou uma oferta do Reading, 2ª Divisão inglesa, para se manter em Portugal.