Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Sunil Chhetri passou por Portugal, mas ninguém reparou nele. Ontem, bateu um recorde de Lionel Messi

Sunil, conhecido na Índia como Capitão Fantástico”, tornou-se o segundo melhor marcador de seleções no ativo, depois de ter bisado frente à Tailândia. Chhetri soma agora 66 golos pelo seu país, mais um que Lionel Messi

Expresso

Ulrik Pedersen

Partilhar

Eis um facto curioso: em 2008, Sunil Chhetri passou por Portugal, pelas hostes do Sporting, e quase ninguém reparou nele. Só fez três jogos de leão ao peito. Hoje, na Índia, o avançado conhecido como “Capitão Fantástico” é uma das maiores estrelas do país. No domingo, o jogador de 34 anos, num jogo a contar para a Taça Asiática, bateu um registo de Lionel Messi.

Sunil tornou-se o segundo melhor marcador de seleções no ativo, depois de ter bisado frente à Tailândia. Chhetri soma agora 66 golos pelo seu país, mais um que Lionel Messi, que contabiliza 65.

“Tendo em conta a big picture, foi um bom mas ainda pequeno começo. Mas vou falar apenas deste jogo – foi algo brilhante fazer parte do caminho que a minha equipa fez. E é ainda mais especial sabermos que fizemos o nosso país feliz, mesmo que tenha sido só um dia”, escreveu o avançado indianos nas redes sociais após o encontro.

Melhor que Sunil só o português do costume: Cristiano Ronaldo lidera a lista de melhores marcadores de seleções com 85 golos.

Após a breve passagem pelo Sporting, Sunil foi cedido por empréstimo ao Churchill Brothers, equipa do primeiro escalão indiano. Mais tarde, mudou-se o Bengaluru, formação onde ainda hoje alinha.